<
>

Di María na América do Sul? Astro do PSG revela qual clube defenderia após período na Europa: 'Tenho na cabeça'

Di María tem contrato com o PSG até julho de 2022, e Rosario Central surge como opção para depois


Em entrevista exclusiva à ESPN Argentina, o meia-atacante Ángel Di María, do PSG, falou sobre seus planos para o futuro e na possibilidade de retornar ao futebol argentino para encerrar a carreira.

O atleta da seleção argentina tem contrato em Paris até julho de 2022 e, segundo o próprio, sua intenção é renovar por pelo menos mais uma temporada em breve.

O PSG volta a campo pelo Francês neste domingo (12), contra o Monaco, às 16h45 (de Brasília), com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+

No entanto, ele deixou aberta a possibilidade de uma volta ao Rosario Central no futuro próximo.

"Não sei, não sei (sobre o futuro)... Estamos nisso (pensando em renovação com o PSG) e esperamos que assim seja. Já disse que, enquanto ficar na Europa, meu último clube quero que seja o PSG, porque estou aqui há muitos anos e é o único clube em que estive tanto tempo e fui tão feliz. Vivo uma história linda aqui", afirmou.

"Depois, se Deus quiser e tudo estiver bem, pensarei em voltar à Argentina e ao Rosario Central", salientou.

Di María foi revelado na base os Canallas e subiu à equipe profissional do Central em 2006.

Após explodir de vez em 2007, ele rapidamente chamou a atenção do futebol europeu e foi negociado com o Benfica, de Portugal.

Em sua aventura na Europa, ele ainda teve ótima passagem pelo Real Madrid e viveu agruras no Manchester United antes de chegar ao PSG.

Na entrevista, Di María ainda ressaltou que, apesar da vontade de jogar novamente na Argentina antes de pendurar as chuteiras, ele deve levar em conta também os desejos de sua família.

"Sempre tenho na cabeça a ideia de voltar a jogar (no Rosario Central), mas você também tem que pensar em tudo... Na família, na segurança, na situação que a Argentina está passando", salientou.

"Tenho duas filhas e tenho que pensar em tudo. Não posso pensar só em mim, no que vai me fazer feliz, mas tenho que pensar na minha família também", encerrou.