<
>

Cruzeiro anuncia novo CNPJ, e presidente fala em 'processo que levará o clube ao seu devido lugar'; entenda a mudança

play
Jogadores do Atlético-MG provocam Cruzeiro no vestiário: 'Eu sei que você treme'; VEJA (0:24)

Atlético-MG acabou com um jejum de 50 anos e se sagrou campeão brasileiro - via @guiarana (0:24)

Cruzeiro teve CNPJ como Sociedade Anônima do Futebol (SAF) registrado pela Receita Federal


Nesta segunda-feira, o Cruzeiro informou que teve o CNPJ como Sociedade Anônima do Futebol (SAF) registrado pela Receita Federal. O agora clube-empresa será identificado com o número 44.490.706/0001-54.

O presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, comemorou o registro nas redes sociais, e ressaltou que "consolidamos o processo que levará o Cruzeiro ao seu devido lugar".

"Nasceu. A primeira Sociedade Anônima do Futebol, do Cruzeiro Esporte Clube, está criada e agora em operação com personalidade jurídica, com CNPJ. Novamente agradeço a todos que contribuíram para essa grande realização. Reuniões em dezembro de 1920 decidiram criar o Palestra Itália. Agora, em dezembro de 2021, renovamos esse ideal e consolidamos o processo que levará o Cruzeiro ao seu devido lugar", escreveu o dirigente.

Agora, o clube mineiro poderá registrar os contratos do técnico Vanderlei Luxemburgo e do diretor Alexandre Mattos. Além disso, o quadro societário aparece com o nome do presidente Sérgio Santos Rodrigues e de Edson Potsch Magalhães Neto, vice-presidente administrativo.

O Cruzeiro passa por uma reformulação administrativa em meio à luta para frequentar a elite do futebol brasileiro novamente. A Raposa não conseguiu o acesso para a Série A mais uma vez, e disputará a segunda divisão pelo terceiro ano consecutivo.

Na edição de 2021, os mineiros terminaram apenas na 14ª colocação, com 48. O time somou 10 vitórias, 18 empates e 10 derrotas na competição.