<
>

Diretor do Cruzeiro, Ricardo Rocha revela acordo para volta de bicampeão brasileiro ao clube em 2022

Cruzeiro deve confirmar em breve o retorno de Alexandre Mattos, diretor executivo nas campanhas dos títulos brasileiros de 2013 e 2014


O Cruzeiro se prepara para mais um ano longe da elite do futebol brasileiro. Enquanto a diretoria trabalha no planejamento para 2022, um velho conhecido da torcida está perto de voltar à Toca da Raposa: Alexandre Mattos.

Quem confirmou a proximidade de um acordo entre Mattos e o Cruzeiro foi Ricardo Rocha, ex-zagueiro da seleção brasileira e atualmente diretor do clube celeste.

"Tem um acordo com o Alexandre Mattos, ele deve voltar. Tenho falado com ele também. É um cara que tem um potencial enorme, conhece muita gente e pode ajudar o Cruzeiro", afirmou o dirigente, em entrevista nesta sexta-feira (3) ao podcast Flow Sport Club.

Mattos trabalhou no Cruzeiro entre 2012 e 2014, época em que o clube conquistou o bicampeonato brasileiro (2013/14) e também o Campeonato Mineiro, em 2014. Ele deixou o clube no ano seguinte para trabalhar no Palmeiras.

Depois da passagem pelo clube paulista, o executivo esteve perto de ir para o Reading, da Inglaterra, mas voltou ao Brasil para trabalhar no América-MG, de onde saiu em janeiro de 2021. Agora, terá a missão de ajudar o Cruzeiro a sair da Série B.

Desde que foi rebaixado, em 2019, o time celeste não conseguiu sequer brigar efetivamente pelo acesso na segunda divisão. A última campanha foi até pior que a primeira: 14º lugar, com 48 pontos, cinco acima da zona de rebaixamento.

"O Cruzeiro de hoje não é aquele de 3 ou 4 anos atrás. Atravessa um momento dificílimo e precisa muito da torcida", admitiu Ricardo Rocha.