<
>

Jornal detalha 'drama' de Neymar que tem tirado o sono do PSG

Neymar teve contusão ligamentar no tornozelo e só voltará a jogar em 2022 pelo PSG. Diretoria vem perdendo o sono com constantes lesões do brasileiro


Em reportagem publicada nesta terça-feira, o jornal Marca detalhou o drama de seguidas lesões sofridas por Neymar no PSG, algo que vem tirando o sono da diretoria do clube.

Na última segunda, o clube anunciou que o brasileiro teve contusão ligamentar no tornozelo na partida contra o Saint-Étienne, no domingo, e ficará até oito semanas de molho, o que significa que o craque só voltará a jogar em 2022.

O PSG volta a campo pelo Francês nesta quarta-feira (01), contra o Nice, às 17h (de Brasília), com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+

Esse cenário, porém, acabou se tornando algo comum na passagem de Ney pelo Paris, que é marcada por longos períodos no departamento médico desde que ele foi comprado do Barcelona, na temporada 2017/18.

Nas contas do diário espanhol, o brasileiro já perdeu pouco mais de 70 partidas por estar lesionado desde que chegou ao futebol francês.

Para ser mais exato: segundo o veículo, foram 74 ausências por contusão e mais 17 por motivos disciplinares (como cartões vermelhos), o que totaliza 91 desfalques.

Veja o resumo das lesões feito pelo Marca:

TEMPORADA 2017/18

- 25/02/2018: Fratura no 5º metatarso do pé direito - 100 dias de baixa

TEMPORADA 2018/19

- 23/01/2019: Nova lesão no 5º metatarso do pé direito - 88 dias de baixa

- 06/06/2019: Fratura no tornozelo direito - 90 dias de baixa

TEMPORADA 2019/20

- 13/10/2019: Lesão muscular de grau 2 na perna esquerda - 30 dias de baixa

- 03/02/2020: Lesão nas costelas - 45 dias de baixa

TEMPORADA 2020/21

- 28/10/2020: Lesão muscular no adutor - 21 dias de baixa

- 13/12/2020: Estiramento no tornozelo direito - 30 dias de baixa

- 10/02/2021: Lesão muscular de grau 2 na perna esquerda - 38 dias de baixa

TEMPORADA 2021/22

- 18/10/2021: Lesão muscular no adutor - 5 dias de baixa

- 15/11/2021: Lesão muscular na panturrilha - 4 dias de baixa

- 28/11/2021: Lesão ligamentar no tornozelo - Até 8 semanas de baixa

No comunicado divulgado na última segunda, o Paris ainda informou que realizará novos exames nas próximas 72 horas para saber a real gravidade da contusão e a forma como o atacante será tratado pelo departamento médico do clube.

A expectativa é que ele consiga retornar para as oitavas-de-final da Champions League, que só serão disputadas no início do ano que vem.

Em seu Instagram, Ney falou sobre a contusão sofrida neste domingo e prometeu "voltar mais forte".

"Bora recuperar, infelizmente esses contratempos fazem parte da vida de um atleta. Agora é o que tem, levantar a cabeça e vamos que vamos. Voltarei melhor e mais forte", escreveu.