<
>

Com surto de COVID, Belenenses joga com 9 jogadores, leva 7 a 0 do Benfica, e partida termina no começo do segundo tempo

O Belenenses teve um grave surto de COVID-19 no elenco e precisou jogar com apenas 9 jogadores


O Belenenses sofreu com um surto de COVID-19 em 14 jogadores no elenco nos últimos dias. Por isso, a equipe entrou em campo no Estádio Nacional contra o Benfica, neste sábado (27), pelo Campeonato Português, com apenas nove atletas em campo e sem suplentes. Até mesmo o goleiro reserva precisou atuar na linha.

E a partida não chegou aos 90 minutos. No início do segundo tempo, quando as Águias venciam por 7 a 0, o árbitro Manuel Mota da Silva encerrou o confronto no Estádio do Jamor.

A partida, válida pela 12ª rodada da competição, teve transmissão ao vivo pela ESPN No Star+.

O treinador do Belenenses, Filipe Cândido, também foi infectado pelo coronavírus e não orientou o time à beira do gramado.

O Benfica, comandado por Jorge Jesus, abriu o placar com apenas um minuto de jogo em um gol contra de Eduardo Kau. Seferovic ampliou o marcador para o time encarnado, aos 14.

O presidente do Belenenses, Rui Pedro Soares, garantiu que o clube não pediu ao Benfica o adiamento do jogo, e aproveitou para deixar críticas à Liga, pela falta de datas para reagendar os jogos neste tipo de situação.

"Temos de entender as implicações de adiar um jogo. Tudo isso resulta de mau planejamento. Olhando para o calendário do Benfica, em dois meses tem 15 jogos, nem no Natal paramos. Os portugueses podem passar o Natal com a família, os jogadores de futebol vão jogar. Não planejamos corretamente e as consequências estão à vista", disse aos jornalistas portugueses.

Aos 27, Julian Weigl fez o tercerio. Darwin Núñez apareceu aos 31 e aos 33 para marcar o quarto e o quinto. Seferovic, de pênalti, fez o seu segundo aos 38. O gol que fechou o placar veio aos 44 novamente com o camisa 9 uruguaio.