<
>

Kayzer diz que quase teve perna quebrada por Reinaldo e ironiza: 'Se falar, vou tomar gancho. Tenho que fica quieto e aguentar'

Atacante do Athletico-PR foi substituído ainda no primeiro tempo contra o São Paulo após entrada dura do lateral e reclamou no intervalo


Renato Kayzer, atacante do Athletico-PR, precisou ser substituído ainda no primeiro tempo da partida contra o São Paulo, nesta quarta-feira (24), pelo Campeonato Brasileiro, após sofrer uma entrada dura de Reinaldo.

O atacante do Furacão sofreu levou um pisão do lateral-esquerdo aos 13 minutos, mas tentou continuar no jogo apesar das dores. Aos 24, ele não aguentou e deu lugar a Pedro Rocha. No lance, o defensor são-paulino recebeu cartão amarelo de Leandro Vuaden. O VAR não foi acionado.

Após deixar o campo, Kayzer chorou no banco de reservas e foi consolado por companheiros e membros da comissão técnica. No intervalo, o camisa 79 disse à "Globo" que Reinaldo 'quase quebrou sua perna' e ironizou.

"Falar o quê? Só quem está longe não viu. Na televisão viu. Quebrou minha caneleira, quase quebrou minha perna, meu tornozelo tá imenso. Vou falar o quê? Se falar do cara vou tomar gancho. Tenho que ficar quieto e aguentar".

Comentarista de arbitragem dos canais Disney, Renata Ruel discordou da decisão de campo. Segundo ela, o lance era para expulsão.

"Lance assim, como esse do Reinaldo, foi para cartão vermelho o campeonato inteiro e o VAR sugeriu revisão na maioria das vezes quando o árbitro não viu ou aplicou amarelo. Era vermelho, colocou em risco a integridade física do Kaizer. Erraram Vuaden e VAR", afirmou.