<
>

Brasileirão: Internacional tem Edenílson expulso, Palmeiras dá fim a longo 'jejum' de vitórias e volta ao G-4

Sem vencer há cinco jogos no Brasileirão, Palmeiras contou novamente com o apoio da torcida e triunfou sobre o Internacional


O Palmeiras enfim voltou a vencer no Brasileirão. Neste domingo (17), diante de mais de 11 mil torcedores no Allianz Parque, pela rodada 27, o Alviverde venceu o Internacional por 1 a 0 e deu fim a um jejum de cinco jogos sem vitória na competição. Na temporada como um todo, ele era ainda maior: sete partidas.

A repercussão da rodada de domingo do Brasileirão você assiste no Linha de Passe, às 22h55, com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+.

Para a partida, as duas equipes contaram com retornos importantes no time titular, principalmente o Palmeiras. Após servirem suas respectivas seleções nas eliminatórias para a Copa do Mundo, Weverton, Gustavo Gómez e Piquerez reforçaram o Alviverde.

Além do trio, o lateral-direito Marcos Rocha e o meia Zé Rafael, recuperados de lesão, também voltaram ao time titular.

No Inter, Edenílson, convocado para a seleção brasileira, também voltou ao onze inicial do técnico Diego Aguirre.

Depois que o apito inicial foi dado pelo árbitro, quem dominou as ações nos primeiros minutos foi o Palmeiras. Foram duas boas chances desperdiçadas pelos donos da casa logo de cara.

Aos 3 minutos, Dudu fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área, encontrando Marcos Rocha. O latera-direito dominou, finalizou, mas a bola acertou a trave. Foi por pouco.

Aos 10, foi a vez de outro defensor desperdiçar uma grande chance. Piquerez, lateral-esquerdo, que ficou com a sobra após cobrança de escanteio, mas finalizou muito forte e a bola subiu.

A reação colorada começou aos 24 minutos. Depois de serem dominados nos primeiros minutos, os visitantes responderam com duas boas chegadas de Yuri Alberto.

Na primeira, o atacante recebeu após o Inter iniciar um contra-ataque rápido, limpou a marcação e chutou. Weverton fez boa defesa e salvou o Palmeiras.

Dois minutos depois, aos 26, o artilheiro do clube gaúcho no Brasileirão invadiu a área, ganhou da marcação e chutou com força. A jogada levou perigo.

O primeiro tempo, que terminou empatado em 0 a 0, ainda teve mais duas boas chegadas do Palmeiras, novamente com Marcos Rocha e também Raphael Veiga, aos 30 e aos 40 minutos, respectivamente.

A volta para a etapa final começou movimentada. Aos 4 minutos, Rony finalizou e a bola tocou na mão do zagueiro Victor Cuesta dentro da área. O árbitro marcou pênalti e enfureceu os jogadores do Internacional.

Edenílson, que reclamou de forma contundente com o árbitro, acabou levando o cartão vermelho e deixou os gaúchos com 10 em campo logo no começo do segundo tempo.

Depois da marcação, o lance foi revisado pelo VAR, que confimou a penalidade a favor do Alviverde.

Quem assumiu a responsabilidade da cobrança foi Raphael Veiga, que encheu o pé e acertou o ângulo de Marcelo Lomba, abrindo o placar no Allianz Parque. Palmeiras 1 a 0.

O Inter ainda tentou responder com algumas boas chegadas. A primeira delas com Moisés, aos 13 minutos, após finalização que bateu na defesa palmeirense e saiu levando perigo.

Aos 26, Yuri Alberto, mais uma vez, recebeu na esquerda e chutou cruzado. A bola passou muito próxima à meta do Palmeiras. Entretanto, as chegadas não foram suficientes para levar o clube gaúcho ao empate, e o jogo terminou em 1 a 0.

Com a vitória, o Palmeiras voltou a vencer após cinco jogos no Brasileirão, e sete levando em consideração todas as competições.

O clube paulista não vencia desde o dia 18 de setembro, quando venceu a lanterna Chapecoense por 2 a 0, na Arena Condá, pela rodada 21. Desde então, o Palmeiras teve uma sequência de três derrotas e quatro empates.

O Inter, por sua vez, voltou a perder depois de três rodadas invicto. A equipe gaúcha vinha de duas vitórias (seguidas) e um empate, respectivamente. A última derrota havia sido para o líder Atlético-MG, na rodada 23.

Situação do campeonato

A vitória foi de extrema importância para o Palmeiras, que subiu de 5º para 4º na tabela, voltando ao G-4 do Brasileirão, mesmo que ainda provisoriamente.

O resultado fez o Alviverde ir a 43 pontos trocar de posição com o Red Bull Bragantino, que tem 41 e ainda entra em campo na rodada.

Já o Inter, com os mesmos 39 pontos, continua em 7º na tabela, mas viu a distância para o G-4 subir para quatro pontos. Ela pode ir a cinco, em caso de vitória do Bragantino sobre Ceará, ainda neste domingo.

O cara: Marcos Rocha

O lateral do Palmeiras voltou muito bem após se recuperar de lesão. Desde o primeiro tempo, o camisa 2 chegou mais de uma vez com perigo, inclusive acertando a trave em lance logo aos 3 minutos de jogos.

Foi mal: Edenílson

De volta após servir a seleção, o meia prejudicou o Internacional ainda no início do segundo tempo e recebeu o cartão vermelho por reclamação após o pênalti marcado a favor do Palmeiras. Logo em seguida, o Colorado sofreu o gol e seguiu em desvantagem númerica e no placar até o final.

Próximos jogos

O Palmeiras volta a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (20), às 19h, na Arena Castelão, para confronto contra o Ceará, pela rodada 28.

Já o Inter, tem jogo na quinta (21), às 20h, no Beira-Rio, contra o Red Bull Bragantino pela mesma rodada.

Ficha técnica:

Palmeiras 1 x 0 Internacional

GOLS: Palmeiras: Raphael Veiga (52' P)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Rony, Felipe Melo (Danilo Barbosa), Zé Rafael (Patrick de Paula) e Dudu (Gustavo Scarpa); Raphael Veiga (Deyverson) e Luiz Adriano (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia (Heitor), Mercado, Cuesta e Moisés; Johnny (Zé Gabriel) e Rodrigo Dourado; Edenílson, Patrick (Palacios) e Taison (Maurício); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.