<
>

São Paulo: só um técnico começou e terminou temporadas no clube neste século

Time do Morumbi anunciou saída de Hernán Crespo nesta quarta-feira


Chegou ao fim o casamento entre São Paulo e Hernán Crespo. O treinador não resistiu ao empate contra o Cuiabá e deixou o comando do clube em decisão anunciada pela diretoria nesta quarta-feira.

Dessa forma, o São Paulo segue sendo um dos clubes que mais "moem" treinadores no Brasil. E isso se comprova com uma indesejável estatística do clube do Morumbi.

Desde o início deste século, em 2001, apenas um técnico conseguiu começar e terminar uma temporada no São Paulo: Muricy Ramalho. E foram quatro ocasiões: 2006, 2007, 2008 e 2014.

Tirando Muricy, nos últimos 20 anos nunca um treinador que começou o ano no São Paulo chegou ao fim da temporada no clube.

Vale lembrar, claro, que nem todos foram demitidos. Nos casos de Edgardo Bauza, Juan Carlos Osório e Emerson Leão, eles saíram por terem outras propostas e optaram por se desligar.

Relembre abaixo todos os técnicos do São Paulo deste século (sem contar interinos):

2001: Vadão, Nelsinho Baptista
2002: Nelsinho Baptista e Oswaldo de Oliveira
2003: Oswaldo de Oliveira e Roberto Rojas
2004: Cuca e Leão
2005: Leão e Paulo Autuori
2006: Muricy Ramalho
2007: Muricy Ramalho
2008: Muricy Ramalho
2009: Muricy Ramalho, Milton Cruz e Ricardo Gomes
2010: Ricardo Gomes e Paulo César Carpegiani
2011: Paulo César Carpegiani, Adílson Batista e Emerson Leão
2012: Emerson Leão e Ney Franco
2013: Ney Franco, Paulo Autuori e Muricy Ramalho
2014: Muricy Ramalho
2015: Muricy Ramalho, Doriva e Juan Carlos Osório
2016: Edgardo Bauza e Ricardo Gomes
2017: Rogério Ceni e Dorival Júnior
2018: Diego Aguirre e André Jardine
2019: André Jardine, Cuca e Fernando Diniz
2020: Fernando Diniz*
2021: Hernán Crespo**

*Demitido antes do fim da temporada
**Demitido nesta quarta-feira