<
>

Nations League: Benzema e Mbappé comandam virada sobre a Espanha, e França conquista título inédito

No San Siro, em Milão, Espanha e França fizeram jogo emocionante pela final da Uefa Nations League. Com gols de Benzema e Mbappé, os franceses venceram de virada por 2 a 1 e conquistaram o título inédito.


Emoção não faltou neste domingo (10) na decisão da Nations League. No San Siro, em Milão, na Itália, a França venceu a Espanha de virada por 2 a 1 e conquistou o título inédito da competição. Karim Benzema e Kylian Mbappé marcaram os gols da vitória.

As partidas dos Campeonatos Francês e Italiano têm transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+.

Os franceses chegaram à semifinal desta segunda edição da Liga das Nações tendo a melhor campanha na fase de grupos, fazendo 16 pontos numa chave que tinha Portugal, Croácia e Suécia. Na semi, a equipe do técnico Didier Deschamps venceu a Bélgica, de virada por 3 a 2, e chegou à final inédita da competição.

Já a Espanha, teve a pior campanha entre os quatro semifinalistas, mas logo de cara "deu o troco" na Itália após a eliminação na semifinal da Eurocopa 2020, e venceu por 2 a 1, em pleno San Siro. Os dois gols foram marcados pelo atacante do Manchester City Ferrán Torres.

As duas seleções também voltaram a disputar uma decisão de competição europeia depois de alguns anos. A última final da França havia sido em 2016, na Euro perdida em casa para Portugal. Já a Espanha, há mais tempo: desde 2012, quando foi campeã europeia pela última vez.

No San Siro, a decisão começou pegada, com muito estudo por parte das duas seleções nos minutos iniciais, e por isso o primeiro tempo não teve assim tanta emoção. Espanha e França chegaram poucas vezes com perigo real à meta adversária.

No fim da primeira etapa, os franceses ainda ganharam um desfalque importante para a sequência da decisão. Aos 40 minutos, o zagueiro Raphaël Varane sentiu problema físico e precisou ser substituído. Dayot Upamecano, do Bayern de Munique, entrou no lugar do defensor do Manchester United.

Na volta para o segundo tempo, a partida começou a esquentar, com Espanha e França propondo muito mais o jogo. Aos 18 minutos, os franceses acertaram uma bola no travessão após iniciarem contra-ataque em lance que terminou com finalização de Theo Hernández.

Foi então que, no minuto seguinte, o placar enfim foi aberto no San Siro. Sergio Busquets deu um lançamento espetacular para Oyarzabal, que dominou, entrou na área, e bateu colocado para vencer o goleiro Hugo Lloris. Espanha 1 a 0 França.

E apesar do gol sofrido, os franceses esboçaram rapidamente a reação. Aos 21 minutos, Benzema recebeu de Mbappé na diagonal, próximo à grande área, e deixou tudo igual na Itália com um gol antológico. O atacante do Real Madrid acertou chute colocado, e a França empatou em 1 a 1.

A virada da França aconteceu aos 35 minutos. Mbappé recebeu na área, fintou e marcou o segundo gol dos franceses no San Siro. No lance, o camisa 10 parecia impedido, mas mesmo após checagem junto ao VAR o gol foi validado e, com isso, os Bleus se sagraram campeões, conquistando a segunda edição da competição. A primeira, quem levou foi Portugal.

Com o título inédito da Liga das Nações, a França deu fim a um longo jejum de títulos e voltou a ser campeã na Europa após 21 anos. A última conquista havia sido na Euro dos anos 2000.

Este também foi o segundo título de Mbappé pela seleção francesa, após a Copa do Mundo de 2018, enquanto Benzema, que até então não vinah sendo mais convocado, foi campeão pela primeira vez pelo seu país.

O cara: Kylian Mbappé

Apesar de não ter começado bem a partida, o camisa 10 da seleção francesa foi o grande herói da final, que deu o título para a França. Aos 35 minutos, o atacante do PSG marcou o gol do título no San Siro.

Próximos jogos

Agora, a Fúria só volta a campo em novembro, pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo. No dia 11, os espanhóis encaram a Grécia, em Atenas, pela nona rodada.

A França, por sua vez, recebe o Cazaquistão, no Stade de France, em Paris, também pelas eliminatórias. O confronto está marcado para o dia 13 de novembro.

Ficha técnica

Espanha 1 x 2 França

GOLS: Espanha: Oyarzabal (64'); França: Benzema (66') e Mbappé (80')

ESPANHA: Unai Simón; Azpilicueta, Eric García, Laporte e Marcos Alonso; Gavi (Koke), Sergio Busquets e Rodri (Fornals); Ferrán Torres (Merino), Oyarzabal e Pablo Sarabia (Pino). Técnico: Luis Enrique.

FRANÇA: Lloris; Koundé, Varane (Upamecano) e Kimpembe; Pavard (Dubois), Pogba, Tchouaméni e Theo Hernández; Griezmann (Veretout), Benzema e Mbappé. Técnico: Didier Deschamps.