<
>

Champions League: Seedorf de técnico, Kaká em campo e mais: como era o Milan no último jogo no San Siro pela disputa

play
PSG x Manchester City, decisão para o Barcelona e mais! Rodrigo Bueno analisa a 2ª rodada da Champions League (2:12)

Neymar enfrenta o atual campeão da Premier League e Koeman joga o tudo ou nada contra o Benfica | CLIQUE AQUI e assista ao melhor do futebol AO VIVO pela ESPN no Star+ (2:12)

De volta à Champions League após um longo hiato que teve início na temporada 2014/15 e só terminou na atual campanha, o Milan volta a campo pela competição europeia nesta terça-feira (28) e recebe o Atlético de Madrid, pela segunda rodada da fase de grupos, no grupo B, no San Siro. O confronto reserva uma grata coincidência.

O Milan volta a campo pela Serie A no próximo domingo (3), às 15h45, para duelo fora de casa contra a Atalanta, pela sétima rodada. A partida terá transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+. Ainda não é assinante? Clique aqui para mais informações.

No dia 19 de fevereiro de 2014, exatamente contra o Atleti, o Rossonero disputou a sua última partida em casa pela Liga dos Campeões. Na ocasião, o confronto foi válido pelo jogo de ida das oitavas de final da competição na edição 2013/14, e o Milan perdeu por 1 a 0, com gol marcado pelo atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, que atualmente defende as cores do Atlético-MG, no Brasil.

E se atualmente o Milan tem o experiente atacante sueco Zlatan Ibrahimovic como sua principal referência no time, em 2014 o posto ainda pertencia ao brasileiro Kaká. O eterno camisa 22 estava na sua segunda passagem pelo San Siro, depois de voltar do Real Madrid.

Inclusive foi no clube de Milão que o brasileiro viveu os melhores momentos da sua carreira, sendo eleito Melhor do Mundo em 2007 e conquistando a Champions na temporada 2006/07.

Para aquela partida, o clube italiano, na época regido pelo ex-jogador e ídolo rossonero Clarence Seedorf, foi a campo com: Abbiati; De Sciglio, Rami, Bonera, Emanuelson; de Jong, Essien, Taarabt, Poli e Kaká; Balotelli.

Destes jogadores, nenhum segue no atual elenco, que agora é comandado por Stefano Pioli. O banco ainda tinha outros nomes conhecidos como o goleiro Marco Amelia e os zagueiros Philippe Mexés e Cristian Zaccardo.

O clube espanhol, que terminou como vice-campeão para o Real Madrid, entrou em campo com: Courtois; Torres, Miranda, Godín e Insúa; Gabi, Mario Suárez, Arda Turan, Kpke e García; Diego Costa. O treinador já era Diego Simeone, que segue no cargo até os dias de hoje.

Além da vitória na Itália, o Atlético de Madrid também venceu o jogo de volta, na Espanha, e aplicou 4 a 1 no Milan, totalizando placar por 5 a 1 no agregado final, e vaga nas quartas para os espanhóis.

Na atual edição, as duas equipes buscam a sua primeira vitória no grupo B. O Atlético é segundo colocado, com um ponto somado, enquanto o Milan é o lanterna, com uma derrota e zero pontos.