<
>

De 'mais caro' a desempregado: Andy Carroll emociona e quer chance no futebol: 'Meus filhos pensam que vou para Barça ou City'

Veterano com 14 anos de Premier League, Andy Carroll procura um time para dar sequência à carreira. O atacante de 32 anos está sem clube desde julho, quando deixou o Newcastle após 22 jogos e apenas um gol marcado na temporada 2020-21.

Todos os jogos da Premier League têm transmissão ao vivo pela ESPN no Star+. Clique aqui para mais informações.

Em busca de uma nova equipe, Carroll vive a expetativa da família, principalmente dos filhos, que esperam que o pai assine por um dos grandes clubes do mundo.

"Meus filhos continuam pensando que vou assinar com o Manchester City ou pelo Barcelona, mas todos sabemos que isso não vai acontecer", disse o atacante ao The Athletic.

"Eles seguem me pressionando para que arranje um cube e é isso que quero fazer. Quero jogar à frente da minha família e vencer jogos. Minha vontade e paixão não diminuíram nem um pouco".

Carroll também falou sobre a expectativa que tinha de encerrar a carreira pelo Newcastle, clube em que se profissionalizou em 2006, aos 17 anos.

"Pensei que ia terminar a carreira no Newcastle. Pensei que ia ser eu mesmo nos próximos quatro ou cinco anos, mas as coisas não aconteceram, por muitas razões".

Apesar de estar sem clube hoje, Andy Carroll já foi um dos jogadores mais badalados da Inglaterra. No início de 2011, o atacante foi contratado pelo Liverpool junto ao Newcastle por 41 milhões de euros (R$ 254 milhões na cotação atual).

O valor fez de Carroll, à época, a contratação mais cara da história do Liverpool. Hoje, o centroavante ocupa a 9ª posição empatado com o braisleiro Roberto Firmino. Até hoje, essa é a venda mais valiosa do Newcastle.

Ao todo, Carroll tem 248 jogos disputados em 14 temporadas na Premier League, com 54 gols e 30 assistências. O atacante de 32 anos também teve espaço na seleção inglesa, marcando dois gols em nove partidas a nível principal.