<
>

Champions: quem é o 'novo De Bruyne', que já foi promessa do tênis e ofuscou estreia do trio Neymar, Messi e Mbappé pelo PSG

play
Champions: PSG sai na frente, mas é surpreendido e fica só no empate com o Club Brugge; veja como foi (0:45)

Ander Herrera marcou para os franceses, enquanto Vanaken deixou tudo igual no 1 a 1; foi a primeira vez que Messi, Neymar e Mbappé jogaram juntos como titulares (0:45)

Os holofotes estavam em Messi, Neymar e Mbappé, já que era a estreia do trio 'MNM' pelo Paris Saint-Germain. No entanto, quem esteve no Jan Breydel Stadium viu De Ketelaere chamar atenção. E a trajetória do atacante no futebol é um tanto quanto inusitada.

Aos 20 anos, já tendo feito a estreia pela seleção principal da Bélgica, o camisa 90 do Brugge, avaliado em 25 milhões de euros, cerca de R$ 154 milhões, já foi promessa do tênis.

Até os 16 anos, o meia-atacante, apontado como sucesso de Kevin De Bruyne pelas características, dividia as atenções entre as quadras e os gramados.

Foi então que De Ketelaere teve de tomar uma difícil decisão na carreira: escolher entre seguir com as raquetes ou ir para o caminho das chuteiras. E o belga escolheu o futebol.

E a decisão, posteriormente, se mostrou correta. Em 2020, o atleta, com apensas 19 anos, recebeu o Belgian Sports Awards, prêmio dado à promessa do ano na Bélgica e já recebido por nomes como Romelu Lukaku, Divock Origi e Kim Clijsters.

Contra o PSG, na partida que terminou empatada por 1 a 1, De Ketelaere chamou atenção, mesmo atuando como centroavante, pela mobilidade e visão de jogo.

"Sua versatilidade ajuda muito. É completo, fisicamente e tecnicamente," afirmou Gert Verheyen, lendário meio-campista do Club Brugge, ao Het Nieuwsblad.

O atacante subiu aos profissionais do Brugge na temporada 2019-20. Ao todo, são 80 jogos disputados, com 11 gols marcados e 10 assistências dadas.