<
>

Manchester City: Mendy, acusado de estupro, permanecerá preso pelo menos até janeiro de 2022

Benjamin Mendy, lateral-esquerdo do Manchester City, compareceu nesta sexta-feira a uma audiência para determinar a data de seu julgamento a respeito das acusações de estupro e agressão sexual feitas em agosto deste ano.

Durante os 45 minutos de audiência, Mendy falou apenas uma vez, somente para confirmar seu nome.

O lateral chegou e deixou o tribunal, na cidade inglesa de Chester, numa viatura da polícia.

Na audiência, a data de julgamento de Mendy foi marcada. O francês será julgado no dia 24 de janeiro por quatro acusações de estupro e uma acusação de agressão sexual, que teriam ocorrido entre outubro de 2020 e agosto de 2021.

Mendy cumpre prisão preventiva há duas semanas.

O jogador teve a prisão decretada no dia 26 de agosto e, desde então, também está suspenso pelo Manchester City enquanto ocorrem as investigações.

Seu advogado, Christopher Stables, afirma que o cliente nega as acusações.

O lateral-esquerdo de 27 anos tem contrato com os Citizens até o final da temporada 2022/23.

O francês soma 75 jogos em quatro temporadas pela equipe celeste de Manchester, além de 10 jogos pela seleção francesa desde 2017.