<
>

Ídolo argentino diz por que Neymar é 'adolescente' e revela motivo para brasileiro não chegar ao nível dos 'grandes'

Aos 65 anos, Jorge Valdano, campeão do mundo com a Argentina em 1986, fez uma análise a respeito de Neymar e as possibilidades da seleção brasileira voltar a conquistar uma Copa do Mundo.

Conhecido como 'Filósofo' em seu país por ter opiniões sensatas, Valdano chamou o astro do Paris Saint-Germain de 'adolescente' e não vê chance do craque ser eleito melhor do mundo em entrevista ao canal Filo News, da Argentina.

"Mesmo passando o tempo, ele não terminou de dar o último passo. Neymar é um jogador atrativo. Gosto de vê-lo jogar. Messi dribla e todo mundo sabe que ele vai driblar. Neymar tem 14 formas diferentes de dar o mesmo drible, mas ainda tem uma coisa adolescente, até por isso se lesiona mais que os outros".

"Ele tem um orgulho que me agrada e que é interessante de ver, mas que o leva à imprudência de querer jogar e fazer gols partindo do seu próprio campo. Isso não o permite chegar ao nível dos grandes de fato", disse Valdano, que apontou Haaland e Mbappé como futuros sucessores do trono de 'melhor do mundo'.

Jorge Valdano ainda apontou que não acredita nas seleções sul-americanas nas próximas edições da Copa do Mundo. Para ele, apenas os europeus têm chances e elogiou quatro seleções como as favoritas ao título no futuro.

"Ambas estão longe dos europeus. Só as seleções da Europa têm ganhado. E não é só uma questão econômica, é também formativa. Os times europeus hoje trabalham muito bem a formação de seus atletas. Cada um da sua maneira, mas com uma indiscutível capacidade".

"França, Bélgica, Portugal e Inglaterra são as favoritas. A atual geração inglesa tem jovens de muito nível e que podem dar o próximo passo de enfim vencer pelo país", finalizou.