<
>

Bastidores: 'caso Patrick de Paula' irrita mais o Palmeiras do que Lucas Lima e coloca em xeque possível venda do atleta

play
Patrick de Paula é cercado por torcedores em balada clandestina; assista (0:33)

O vídeo da abordagem circula nas redes sociais e foi publicado por Paulo Serdan, presidente de honra da maior torcida organizada do clube, a Mancha Verde. (0:33)

O Palmeiras voltou a ter um caso de indisciplina no elenco. Na noite do último domingo (20) foi a vez de Patrick de Paula ser flagrado na saída de uma balada clandestina por diversos membros da Mancha Verde, principal torcida organizada do clube.

O clube emitiu um comunicado oficial na manhã desta segunda-feira (21) anunciando que o atleta receberá 'sanções máximas' e que o caso está com o departamento de futebol e, posteriormente, será repassado ao departamento jurídico.

O volante será punido com um corte de 40% do salário e só retornará às atividades com o clube quando o exame PCR indicar negativo para COVID-19. Por outro lado, ainda não se sabe por quanto tempo o atleta ficará afastado pelo ato de indisciplina e não somente pelo risco de se contaminar com o vírus.

O ESPN.com.br apurou com fontes ligadas ao clube paulista que a notícia envolvendo Patrick de Paula caiu muito mal internamente e irritou ainda mais a cúpula do clube do que o caso envolvendo o meia Lucas Lima, que foi bastante semelhante ao ocorrido com a joia da base.

play
1:55

Willian é muito elogiado no SportsCenter após outra atuação de destaque: 'Entrega o que se espera dele'

O 'Bigode' brilhou na vitória por 2 a 1 do Palmeiras sobre o América-MG

A reportagem apurou ainda que Patrick de Paula é um dos nomes tidos pela diretoria como 'negociáveis' nas próximas semanas, quando abrir o mercado de transferências internacional, e que o volante vinha recebendo sondagens e consultas, mas o ato de indisciplina pode colocar tudo a perder.

Sem verba de contratações para a temporada por conta dos impactos da COVID-19 e com as finanças ainda piores por conta da eliminação precoce na Copa do Brasil para o CRB, o time paulista aposta na venda de ativos para equalizar as contas.

Com um elenco cheio de ausências por lesões, o Palmeiras terá o desfalque do volante para a difícil partida diante do Red Bull Bragantino, na próxima quarta-feira (23), em Bragança Paulista.