<
>

Portugal terá que superar 'freguesia' contra a Alemanha para conquistar vaga adiantada na Euro

play
CR7 em busca do bicampeonato: os destaques da seleção portuguesa para a disputa da Eurocopa (1:35)

Portugal entra em campo nesta terça-feira, às 13h00 (de Brasília), contra a seleção da Hungria para a estreia na Euro, na Puskás Aréna (Budapeste) (1:35)

Depois da vitória contra a seleção da Hungria, Portugal precisa de uma vitória simples na segunda rodada para garantir seu lugar no mata-mata da Eurocopa, na busca pelo bicampeonato. O adversário, porém, não é simples.

Do outro lado, os portugueses irão encarar a Alemanha na Allianz Arena, em Munique. E a seleção alemã tem sido uma grande pedra no sapato de Cristiano Ronaldo e cia.

Historicamente, em torneios oficiais, os dois países se enfrentaram seis vezes, com uma vitória portuguesa, um empate e quatro derrotas. Estas ocorreram, exatamente, nos últimos quatro duelos.

O primeiro aconteceu em 2006, na Copa do Mundo disputada na Alemanha. Na disputa pelo 3° lugar, Schweinsteiger comandou a vitória por 3 a 1, em Stuttgart, com dois gols.

Dois anos depois, pela Euro, um confronto ainda mais importante pelas quartas de final. Schweinsteiger, novamente, foi decisivo, abrindo o placar e ajudando Klose e ampliar, em um espaço de quatro minutos.

Nuno Gomes ainda diminuiu, no final da primeira etapa, mas Michael Ballack fez o terceiro, aos 16 minutos do segundo tempo. Apesar da pressão até o fim, o time português só conseguiu marcar o segundo, com Postiga, aos 43, sem impedir a eliminação lusitana.

Quis o destino que, quatro anos depois, os times se encontrassem mais uma vez, pela Euro, mas na fase de grupos. Mesmas equipes, mesmo final. Mas com roteiro diferente. Na primeira rodada, um gol solitário de Mario Gomez garantiu o bom início germânico.

Mas um dos confrontos mais marcantes ocorreu no Brasil, na fase de grupos da Copa de 2014. Assim como na Euro, os dois times abriram a chave. Mas, com Pepe expulso no primeiro tempo, o time de Joachim Low não teve problema para golear por 4 a 0, com três de Thomas Müller e um de Mats Hummels.

A única vitória portuguesa aconteceu na Eurocopa de 2000. Mais uma vez na fase de grupos, Sérgio Conceição marcou os três gols do triunfo por 3 a 0.

Algo, porém, pode desanimar o torcedor de Portugal. Há um ponto em comum nas quatro derrotas sofridas, e ele estará em campo no sábado: Cristiano Ronaldo, que foi titular em todos estes duelos. Será que, desta vez, o camisa 7 triunfará?