<
>

Vinicius Zanocelo, do Santos, recusou Europa após ligação de Diniz e é fã de De Bruyne

play
Zanocelo é apresentado pelo Santos: 'Um dos maiores clubes do planeta' (2:03)

O volante Vinicius Zanocelo foi apresentado oficialmente pelo Santos nesta sexta-feira, na Vila Belmiro. (2:03)

Elogiado pelo técnico Fernando Diniz após estrear pelo Santos na derrota para o Fluminense, Vinicius Zanocelo pode ser uma arma no clássico contra o São Paulo, neste domingo, válido pelo Brasileirão.

Natural de Santo André, o jovem começou em escolinhas da cidade e em clubes como o Aramaçan antes de mudar-se para Belém-PA com seu pai, que era funcionário de uma empresa multinacional, e o restante da família.

Destaque pelo futsal do Remo, Vinicius voltou para São Paulo aos 15 anos e começou a jogar futebol de campo pelo tradicional Juventus, ao lado de um dos filhos de Fernando Diniz.

“Ele se destacou, e vários times, como Grêmio, São Paulo, foram atrás dele. A família optou pela Ponte Preta porque teria mais chances e iria para o profissional mais rápido”, contou João Victor Hygino, agente do meia, ao ESPN.com.br.

Principal jogador da Ponte no Paulistão sub-17 de 2018, Vinicius jogou a Copa São Paulo de Juniores do ano seguinte e, em seguida, foi efetivado para o elenco principal.

Nas férias do fim de 2019, o jovem passou por treinamentos e avaliações físicas na sede da Rogon, empresa que cuida da sua carreira, na Alemanha, com jogadores que defendem clubes da Bundesliga, como Sttutgart e Hertha Berlin.

Depois de jogar duas temporadas na equipe de Campinas e ter sido chamado para a seleção brasileira sub-20, o meia transferiu-se para a Ferroviária no começo de 2021 e firmou parceria com a Bertolucci Sports, do agente Giuliano Bertolucci.

“A gente teve procura de muitos times do Brasil e do exterior, mas acreditamos no projeto da Ferroviária, que era um lugar bem organizado e sabíamos qual era a ideia deles para o Paulistão. Era um elenco muito bom. Queríamos que ele se firmasse e pudesse refinar ainda mais a sua técnica”, explicou o agente.

Após o final do Estadual, Vinicius quase foi para o time B do PSV, da Holanda, mas acertou um contrato de empréstimo de dois anos – com opção de compra - com o Santos.

“A gente tinha outros projetos encaminhados para fora do país, mas ele não iria chegar para jogar. Nisso surgiu o Santos, e o que pesou muito foi a ligação do Fernando Diniz. O Vinicius é fã do trabalho dele há bastante tempo. Também pesou muito a camisa do Santos porque ele recebeu boas referências do clube pelos colegas de seleção”, conta Hygino.

O estafe de Vinicius acredita que o Santos e o treinador, famosos por trabalharem bem com os jovens, possam potencializar a carreira do meia. Além disso, é uma equipe que historicamente gosta de praticar um futebol mais ofensivo, que casa mais com as caraterísticas do atleta.

“Durante a conversa, o Diniz explicou como enxergava o papel dele em campo, que acredita no potencial de evolução e estava disposto a ajudá-lo”, justifica o agente do meia.

play
2:03

Zanocelo é apresentado pelo Santos: 'Um dos maiores clubes do planeta'

O volante Vinicius Zanocelo foi apresentado oficialmente pelo Santos nesta sexta-feira, na Vila Belmiro.

Fã de De Bruyne

A ideia é que o meia possa terminar seu desenvolvimento no Santos antes de ir para a Europa. Fã de jogadores como Kaká e Jorginho, Vinicius tem como ídolo Kevin De Bruyne, astro do Manchester City e da seleção belga, de quem procura se inspirar na versatilidade.

“Ele adora assistir aos jogos e é super fã do Guardiola e do City. O De Bruyne é um modelo a ser seguido mesmo”, reforça João Victor.

Vinicius Zanocelo pode atuar como segundo volante ou meia. Dinâmico, gosta de jogar com a bola nos pés e procura sempre ir para a área adversária para anotar gols e assistências.

O estafe do atleta contratou - quando ainda estava na Série B pela Ponte Preta - uma empresa para analisar seu desempenho individual. Quando se mudou para o Santos, ele recebeu estudos sobre o estilo de jogo adotado pelo treinador Fernando Diniz em seus últimos trabalhos.

“Pegamos as características individuais que se encaixam dentro do coletivo e mostramos jogo a jogo o que ele precisa melhorar. Vimos como o Diniz gosta dos jogadores que atuam na posição do Vinicius e mostramos para que ele conseguisse se adaptar o mais rápido possível. Conforme ele for jogando, vamos mostrando”, disse Diego Vieira, gestor da empresa Outlier FC, ao ESPN.com.br.

Além dos próprios vídeos, é mostrado exemplos de jogadores famosos do futebol europeu.

“Trabalhamos para ele conseguir pisar na área no momento apropriado, corrida em profundidade com o lateral. Mesmo quando não recebe a bola, ele gera um buraco no meio do adversário. Na construção de jogo trabalhamos o ajuste corporal para, quando receber a bola, consiga ver o campo e possa dar um bom passe ou lançamento. Mostramos também a parte defensiva para que possa encurtar a marcação no adversário. Nosso trabalho muda de acordo com o treinador”, afirmou Diego.

Descrito como um jogador inteligente e com boa estrutura familiar, Vinicius Zanocelo passou recentemente por uma cirurgia para extrair dois dentes do siso e um cisto na boca. Depois de perder peso, ele voltou aos treinos e recuperou a massa muscular antes de fazer sua primeira partida pelo Santos.