<
>

Copa América: Hurtado, do Red Bull Bragantino, é convocado pela Venezuela após casos de COVID-19

Após a explosão de casos de COVID-19 na delegação da Venezuela, o atacante Jan Hurtado, do Red Bull Bragantino, foi convocado de forma emergencial neste sábado para defender a Vinotinto na Copa América.

O jogador viaja neste sábado a Brasília e estará à disposição do técnico José Peseiro para a partida contra o Brasil, neste domingo, às 18h (de Brasília), no Mané Garrincha, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil e ESPN App, além de tempo real no ESPN.com.br.

Hurtado soma três partidas pela seleção venezuelana na carreira, sem gols marcados.

Na atual temporada, ele fez 16 jogos e anotou quatro tentos pelo Red Bull Bragantino.

Na manhã deste sábado, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou oficialmente que são 12 membros da delegação da Venezuela infectados pelo coronavírus.

"Secretaria de Saúde do Distrito Federal informa que, na noite de sexta-feira (11), foi notificada pela Conmebol, de que 12 membros da delegação da seleção de futebol da Venezuela, incluindo jogadores e comissão técnica, testaram positivo para Covid -19. Todos estão assintomáticos, isolados em quartos individuais e seguem monitorados pela equipe da Conmebol e pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria de Saúde", disse em comunicado oficial.

Na sexta-feira, a Conmebol alterou o regulamento da Copa América, e retirou o limite de cinco substituições por coronavírus na lista de convocados.

Agora, não há mais limites de alterações que podem ser feitos em casos de COVID-19 nas delegações.

O nome dos atletas venezuelanos que estão com o coronavírus ainda não foi divulgado pela FVF (FEderação Venezuelana de Futebol).