<
>

Ancelotti é questionado sobre Cristiano Ronaldo no Real Madrid e elogia astro: 'Tenho muito carinho'

O italiano Carlo Ancelotti foi apresentado nesta quarta-feira como novo técnico do Real Madrid. E, logo em sua coletiva de "estreia", ele foi bombardeado com perguntas sobre um possível retorno de Cristiano Ronaldo ao Santiago Bernabéu, já que ambos tinham excelente relação na primeira passagem de Ancelotti pelo clube merengue.

O Mister fez muitos elogios ao craque português, mas ressaltou que o atleta ainda tem contrato com a Juventus, e que, portanto, não comentará especulações envolvendo o nome de CR7.

"Tenho muito carinho por Cristiano, mas não gosto de falar sobre jogadores que têm contrato com outros clubes", afirmou.

"Posso falar do carinho que tenho por ele e da felicidade que tenho por ver que ele ainda está jogando muito bem na Juve", seguiu.

"Um jornalista me perguntou recentemente se eu achava que Cristiano estava na reta final de sua carreira e eu disse que sim, porque agora ele 'só' faz 35 gols por temporada", brincou.

Ancelotti também fez questão de elogiar o elenco atual do Real Madrid, e ressaltou que não está preocupado com contratações de reforços.

"Com esse plantel atual, o Madrid chegou à semifinal da Champions League", lembrou.

"Claro que, com jogadores de qualidade, é mais fácil ganhar. A individualidade de um craque de tá algo a mais. Mas o mais importante é um time equilibrado, no qual todos tenham a capacidade de jogarem juntos", explicou.

"Carletto" ainda disse que está melhor agora do que na primeira vez que comandou o Real, entre 2013 e 2015.

"Tenho mais tranquilidade agora do que na primeira vez, e menos incertezas. Mas me sinto tão feliz agora como na primeira vez", exaltou.

Na primeira passagem, o italiano teve como principais destaques as conquistas da Champions League 2013/14 e do Mundial de Clubes 2014.

No entanto, ele também faturou outras taças menores, como uma Copa do Rei e uma Supercopa da Uefa.

Ancelotti foi demitido de forma polêmica a final da temporada 2014/15, mesmo tendo um aproveitamento geral de 74,79% dos pontos em Madri.