<
>

Corinthians demite Vagner Mancini após derrota para o Palmeiras e segunda eliminação em 4 dias

Vagner Mancini não é mais o técnico do Corinthians.

A demissão foi consumada neste domingo (16), após derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, na Neo Química Arena, pela semifinal do Campeonato Paulista.

O resultado garantiu a segunda eliminação em poucos dias na temporada. Na quinta-feira (13), o Corinthians levou 4 a 0 do Peñarol e deu adeus à chance de classificação na Copa Sul-Americana.

"Quero agradecer muito o seu trabalho, sua dedicação. Futebol nos obriga a fazer mudanças, entendemos que nesse momento o Corinthians precisa seguir e mudar sua comissão técnica. Nos próximos dias, a gente anunciará o novo comandante", disse o presidente do Timão, Duílio Monteiro Alves, neste domingo.

Agora, a diretoria alvinegra vai em busca de um novo treinador para assumir a vaga deixada por Mancini e iniciar o planejamento para a sequência da Copa do Brasil e o início do Campeonato Brasileiro.

Antes, porém, o Corinthians tem mais dois jogos pela Sul-Americana, ambos em São Paulo, contra Sport Huancayo (quinta, 20) e River Plate, do Paraguai (26), apenas para cumprir tabela.

Mancini no Corinthians

O trabalho de Vagner Mancini no clube começou em 12 de outubro, um dia após a confirmação do presidente Andrés Sanchez.

Ele assumiu o clube com o objetivo imediato de evitar o rebaixamento no Brasileiro e conseguiu, ao fechar a campanha em 12º lugar, 10 pontos acima da zona da degola.

O começo irregular de temporada fez com que as críticas sobre Mancini ficassem maiores. A cada atuação pouco convincente da equipe em campo, aumentava a pressão sobre o presidente Duílio Monteiro Alves para uma troca no comando.

A demissão acontece em uma semana com duas eliminações consecutivas. Vale lembrar que, se Mancini começasse o Brasileirão, o Corinthians estaria arriscado de comprometer ainda mais o planejamento. Pela nova regra da CBF, cada clube só pode ter dois treinadores.

Mancini encerra a passagem pelo Corinthians com 45 jogos. Foram 20 vitórias, 13 empates e 12 derrotas.

Veja o comunicado do Corinthians

Neste domingo (16), a diretoria de futebol do Corinthians se decidiu pelo encerramento do contrato do técnico Vagner Mancini. Além dele, se despedem da comissão técnica o auxiliar técnico Anderson Batatais e o analista de desempenho Cláudio de Andrade.

Mancini comandou a equipe em 45 oportunidades, com 20 vitórias, 13 empates e 12 derrotas.

O clube agradece a dedicação de Mancini e sua comissão nestes sete meses de trabalho e deseja sucesso na sequência da carreira.