<
>

Barcelona x Atlético: cinco histórias para ficar de olho em 'final' em LaLiga

Barcelona e Atlético de Madrid se enfrentam, neste sábado (8), às 11h15 (de Brasília), com transmissão, ao vivo, da ESPN Brasil e do ESPN App. O duelo opõe o líder e o terceiro colocado de LaLiga e pode encaminhar, para um lado ou outro, o título espanhol da temporada.

A briga pelo título, que ainda tem Real Madrid (vice-líder) x Sevilla (4º lugar) no domingo (ao vivo no FOX Sports, às 16h), não é o único destaque do jogaço no Camp Nou. Do duelo Lionel Messi x Luis Suárez a uma maldição que atormenta Simeone, o ESPN.com.br apresenta cinco histórias para ficar de olho na partida entre blaugranas e colchoneros:

Messi x Suárez

Uma das maiores parceiras de ataque de todos os tempos durante seis anos, mas também amigos. Messi e Suárez, enfim, se reencontrarão, em lados opostos, depois de o uruguaio perder o primeiro encontro entre Barcelona e Atlético após testar positivo para COVID-19.

Messi e Suárez, aliás, nunca se enfrentaram como adversários por clubes, apenas em seleções. O uruguaio, competidor nato, quer mostrar que o Barcelona errou ao abrir mão de seu talento... Uma batalha fascinante entre os dois artilheiros das duas equipes.

Déjà-vu

A última vez que o Atlético conquistou o título de LaLiga foi na temporada 2013/14, em jogo justamente contra o Barcelona no Camp Nou. Um empate em 1 a 1, com gol de Diego Godín, que sacramentou conquista que, em caso de derrota, iria para os donos da casa.

Naquela ocasião, era última rodada. Agora, ainda faltarão três, mas o jogo deste sábado certamente traz memórias de 2014 para os dois lados. E, embora Simeone tenha sido campeão no Camp Nou, ele nunca venceu uma partida no estádio como técnico.

Maldição catalã

E não é apenas no Camp Nou que Simeone sofre para vencer. Foram várias visitas difíceis à Catalunha nos últimos anos. Atlético não sabe o que é vencer em suas últimas sete viagens à região, com dois empates com o Girona; um empate e uma derrota para o Barcelona; duas derrotas e um empate com o Espanyol; e ainda um revés para o Cornellà, da terceira divisão.

Griezmann

Não é somente Suárez que estará reencontrando sua ex-equipe. Para Griezmann, este, especificamente, será um duelo importante: desde que trocou o Atlético pelo Barcelona, em 2019, o francês enfrentou seu ex-time quatro vezes, vencendo apenas uma vez – duas derrotas e um empate. Agora, porém, o jogo acontece em um de seus melhores momentos, com oito gols marcados nas últimas nove partidas. Será um sábado com “lei do ex”?

Confronto direto

A vitória no Camp Nou vale a liderança de LaLiga, já que Real e Sevilla se enfrentam só no domingo – os merengues podem assumir o primeiro lugar. Um empate, no entanto, deixa o Atlético mais feliz do que o Barcelona... Não só por estar a frente na pontuação: o time de Simeone também decidirá o confronto direto, que é critério de desempate a frente de saldo de gols – no primeiro turno, os colchoneros fizeram 1 a 0 em Madri.