<
>

Ex-Real Madrid dispara sobre pressão em Vinicius Jr.: 'Acharam que era o novo Neymar, Mbappé'

play
Modric bate recorde na seleção da Croácia, ganha aplausos e não segura lágrimas (0:37)

Meia se tornou jogador com mais jogos pela seleção croata, com 135 (0:37)

Multicampeão com o Real Madrid e um dos atletas espanhóis com mais prestígio ao longo dos anos 1990, o agora treinador Míchel concedeu entrevista ao programa 'El Larguero', da rádio Cadena SER. Dentre os temas, o ex-atleta falou sobre Vinicius Jr. e a grande expectativa que o clube merengue tem para com a revelação do Flamengo.

El Clásico Real Madrid x Barcelona acontecerá no sábado 10 de abril, às 16h (horário de Brasília), e terá transmissão ao vivo de ESPN Brasil e ESPN App, além de acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br, com VÍDEOS de lances e gols. A cobertura começa já às 15h, em live com Gustavo Hofman e os ex-jogadores Edmílson e Júlio Baptista no YouTube da ESPN e nas páginas de ESPN e FOX Sports no Facebook; e na TV, a partir das 15h30, com o SportsCenter Abre o Jogo.

Para o espanhol, a grande pressão que existe em cima do jovem brasileiro é por conta da expectativa criada em cima de sua contratação, uma vez que os dirigentes do time merengue acreditavam que Vinicius tinha potencial para ser um dos melhores do mundo nos próximos anos.

"Encontraram um lugar para ele e foi ganhando confiança para atuar toda semana. Ele me parece um bom jogador. Para atingir a regularidade, é necessário mais tempo. O melhor é deixá-lo trabalhar e esse potencial também tem que ser aprimorado nas deficiências. Futebol só permite extremos. Ou você é ruim ou você é bom. Ontem vi que ele era melhor do que o Raúl e o Raúl tem carreira", disse Míchel.

"O que torna Vinicius marcante é seu preço. A pressão é o preço. Não sei se algum outro jogador teve essas possibilidades. As pessoas não prestam muita atenção ao passaporte e mais ao preço. Quando ele chegou achavam que era o novo Mbappé, Neymar, Raúl ... Até agora ele é mais titular do que na Seleção Brasileira. Até o jogo de ontem ele tinha dificuldades", completou.

A imprensa espanhola alterna entre elogios e 'broncas' ao brasileiro. Mas, nesta semana, o brasileiro teve uma grande atuação na vitória por 3 a 1 diante do Liverpool, na partida de ida da fase quartas de final da Uefa Champions League.