<
>

Ajax 'esquece' de inscrever reforço mais caro de sua história na Europa League e gera crise dentro do clube

Já imaginou desembolsar uma quantia tão alta, a maior da história do clube, em um único jogador e não poder usá-lo na principal competição da temporada? Pois é exatamente isso que acontece com o Ajax, em um problema que gera uma imensa crise nos bastidores.

O principal time da Holanda, onde jogam os brasileiros Antony e David Neres, simplesmente esqueceu de inscrever o atacante francês Sebastien Haller na lista para o mata-mata da Europa League. O Ajax enfrenta o Lille nos dias 18 e 25 de fevereiro, pela primeira eliminatória do torneio.

Haller custou 23 milhões de euros (R$ 148 milhões na cotação atual) aos cofres do Ajax, que nunca havia gasto tanto por um jogador em sua história. Titular desde que foi comprado do West Ham, em janeiro, o jogador ficou fora da lista por um erro que ainda não está tão claro, nem mesmo para os holandeses.

"Não está na lista e estamos tratando de investigar o que aconteceu de errado. Estamos em contato com a federação e a Uefa para ver se há solução", disse o porta-voz do clube, Miel Brinkhuis, em comunicado divulgado à imprensa nesta quinta-feira (4).

O atacante soma sete jogos no Ajax, com dois gols, e tem sido titular na equipe de Erik ten Hag. O técnico comentou a situação em entrevista coletiva, antes de mais uma rodada do Campeonato Holandês, e não disfarçou a irritação com o erro.

"Claro que é um trabalho humano, então erros aconteceram nesse processo. Mas nós somos uma organização profissional, de um esporte de elite. Não podemos culpar uma pessoa só. Várias pessoas estavam envolvidas nisso. Haller está incrivelmente desapontado, mas também realista. Não foi algo de propósito, mas, sim, é um retrocesso para ele", disse o treinador.

O que chama mais atenção no erro é que o Ajax incluiu outro reforço, Oussama Idrissi, emprestado pelo Sevilla até o fim da temporada. Idrissi foi contratado no último dia da janela e sequer estreou pelo novo clube, ao contrário de Haller. O time holandês espera que a Uefa permita a inscrição, caso contrário só poderá usá-lo no futuro, em caso de classificação.

"Haller já provou seu valor conosco no mês passado. Ainda temos alternativas, como Tadic, Brobbey, Traoré e Labyad, mas vamos torcer para que Haller possa jogar".