<
>

Médico do Flamengo desmente CBF por contusão de Pedro: 'Não foi uma lesão leve'

O Flamengo vem convivendo com o problema de lesões em seu elenco nas últimas semanas com alguns de seus principais jogadores desfalcando o time. Uma importante baixa tem sido a do atacante Pedro.

O camisa 21 rubro-negro se lesionou durante um dos treinamentos com a seleção brasileira na última data Fifa, após a partida contra a Venezuela, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (27), no CT Ninho do Urubu, o chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure, desmentiu o que a CBF divulgou sobre a lesão do atacante ser leve.

"Essa questão da comunicação é importante. Eles notificaram que (o Pedro) teve uma lesão leve. Eles quem? Ele teve lesão grau 2, não é leve. Músculo adutor. Estamos trabalhando para estar pronto na terça-feira. Não teve lesão leve”, disse.

“Não foi o Flamengo que comunicou, mas não foi leve. Estão questionando que está demorando mais do que o prazo. Mas a gente nem deu prazo. Foi uma lesão grau 2, a gente não gosta de dar prognóstico, mas estamos recuperando e espero que esteja pronto para terça-feira”, completou.

Segundo Rodrigo Lasmar, médico da CBF, Pedro acabou liberado por não ter tempo hábil para retorno, mas garantiu que a lesão era leve.

“É uma lesão pequena, mas no nosso entendimento não existem condições de que o atleta participe do jogo de terça-feira (17)”, disse o médico da seleção.

Contratado por empréstimo no início de 2020, Pedro é um dos destaques da equipe na temporada. Em 37 jogos no time, marcou 20 gols.