<
>

Mourinho dá 'nó tático' em Guardiola, e Tottenham vence Manchester City para ser líder da Premier League

A temporada de tropeços do Manchester City segue intensa. Com direito a 'nó tático' de José Mourinho em Pep Guardiola, o Tottenham venceu por 2 a 0 dentro do New Tottenham Hotspur Stadium, e manteve a equipe do espanhol ainda mais distante da briga nas primeiras posições da Premier League.

Com a vitória, o time de José Mourinho assume momentaneamente a liderança isolada do Campeonato Inglês, com 20 pontos, e agora 'secará' o Leicester, que enfrenta o Liverpool neste domingo (22). Já os comandados de Pep Guardiola estacionam em 12 pontos, e ainda podem perder a 10ª colocação até o fim desta rodada.

O JOGO

O primeiro gol da partida saiu logo no início. Aproveitando passe magistral de Tanguy Ndombélé entre as linhas defensivas, Son apareceu entre os zagueiros, dominou e, no toque seguinte, bateu seco na saída de Ederson, chegando a nove gols em nove jogos no Campeonato Inglês.

A estocada logo dos minutos iniciais, inclusive, resumiu o Tottenham na etapa inicial: efetividade. O gol foi a única vez que o time de Mourinho chutou contra a meta de Ederson. Daí para frente, foi pressão total do Manchester City.

O time de Pep Guardiola acumulou chances perdidas, e ainda teve seus armadores em tarde pouco inspirada. O Tottenham ainda chegou a ampliar com Kane aos 10, mas a arbitragem anulou o gol do atacante assinalando impedimento, confirmado elo VAR.

O árbitro de vídeo voltou a ser protagonista instantes depois. Aos 26, Gabriel Jesus tentou achar espaço para finalizar na grande área, mas encontrou mesmo foi Aymeric Laporte, que bateu de primeira para vencer Lloris. O assistente fora das quatro linhas indicou um toque de braço do brasileiro na condução do lance, e anulou o empate dos visitantes.

O mesmo Gabriel Jesus ainda teve chance de marcar no fim do primeiro tempo, mas chutou sobre o gol do arqueiro francês após conseguir levar a melhor em disputa de bola com a defesa dos Spurs.

Mesmo pressionando em busca do gol na segunda etapa, o Manchester City voltou a sofrer com a efetividade do Tottenham. E ainda com participação direta de Mourinho. Após interceptar ação ofensiva de Mahrez, Alderweireld fez ótimo lançamento para Kane. Fora da área, o atacante fez passe de um legítimo meia para Lo Celso, que havia acabado de entrar em campo.

Em sua primeira jogada, o argentino recebeu, avançou na área e bateu na saída de Ederson, ampliando o placar para os donos da casa.

Na próxima rodada a equipe de José Mourinho enfrenta o rival Chelsea, em confronto que pode valer inclusive a liderança da Premier League. O duelo, agendado para domingo (29), acontecerá no Stamford Bridge.

Já o Manchester City voltará a campo no mesmo dia pelo Campeonato Inglês, e terá pela frente o Burnley, no Etihad Stadium.

TOTTENHAM 2 X 0 MANCHESTER CITY

GOLS: (TOT) Son, aos 4 do primeiro tempo, Lo Celso aos 19 do segundo;

TOTTENHAM: Lloris (C); Aurier, Alderweireld (Rodon), Dier e Reguilon; Hojbjerg, Sissoko, Ndombele, Bergwijn (Lucas Moura) e Son; Kane

MANCHESTER CITY: Ederson; Walker, Rúben Dias, Laporte, Cancelo; Rodrigo, De Bruyne (C), Mahrez (Sterling), Bernardo Silva (Foden); Ferrán Torres e Gabriel Jesus

ESTATÍSTICAS

- Son chegou a seu quinto gol nas últimas cinco partidas contra o Manchester City;

- Totenham chegou nesta partida aos 1000 pontos como mandante em jogos pela Premier League

- Foi a primeira vez que José Mourinho venceu duas vezes seguidas uma equipe de Pep Guardiola

- Lo Celso marcou seu primeiro gol pelo Tottenham pela Premier League