<
>

Manchester United: Jornal inglês se encanta, dá a Fred mesma nota de Bruno Fernandes e o põe acima de Cavani após virada sobre o Everton

O Manchester United saiu atrás, mas virou e venceu bem o Everton por 3 a 1 neste sábado (7), pela oitava rodada da Premier League, muito disto graças ao show particular de Bruno Fernandes, que fez dois gols e deu uma assistência. Ainda assim, o português teve que dividir os holofotes com Fred.

Ao menos na visão do Manchester Evening News, jornal da cidade que cobre de perto United e City e que deu ao brasileiro a mesma nota que ao europeu: 8. Foi a maior da publicação, que a repetiu também para o zagueiro inglês Harry Maguire e o lateral-esquerdo Luke Shaw.

O veículo mostrou-se encantado com Fred, de 27 anos e que esteve com a seleção brasileira comandada pelo técnico Tite na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, embora não tenha jogado um minuto sequer graças a uma entorse no tornozelo direito sofrida um mês antes da eliminação para a Bélgica nas quartas de final.

“Soube marcar na medida seu compatriota Allan e seus passes aceleraram os ataques do United. Sua energia foi fundamental quando o jogo entrou no quarto final”, discorreu o jornal para justificar a nota 8.

A publicação ainda comparou Fred e seu parceiro de meio-campo McTomminay a Hargreaves e Anderson, dupla que foi muito bem, embora tenha durado pouco em alto nível com a camisa do clube ainda sob o comando da lenda Alex Ferguson.

“Scott McTominay e Fred não são exatamente Roy Keane e Paul Ince [ídolos da agremiação], mas há um paralelo aceitável com Owen Hargreaves e Anderson, um eixo que teve vida curta, mas que Sir Alex Ferguson confiou. Esses dois jogaram com um gosto que os jogadores de fora do United teriam aprovado se estivessem no Goodison Park”, relatou o diário em sua versão on-line.

McTomminay ganhou nota 7, assim como o uruguaio Cavani, que no fim da partida fez seu primeiro gol com a camisa do United.

Apesar do bom momento, Fred não foi convocado por Tite para os dois próximos compromissos da seleção brasileira, ambos pelas eliminatórias para o Mundial de 2022, no Catar, algo que o jornalista da ESPN Brasil Mauro Cezar Pereira sugeriu em tom de cobrança durante a transmissão do jogo, o qual comentou (assista no vídeo abaixo).