<
>

Após 'bagunçar' contra o Milan, Renato Sanches é comparado a Seedorf por revista francesa: 'Cópia quase perfeita'

Destaque na goleada do Lille por 3 a 0 sobre o Milan, em pleno San Siro, nesta última quinta-feira (5), pela fase de grupos da Europa League, o meia Renato Sanches teve a sua atuação bastante elogiada pela revista francesa France Football. Em publicação nesta sexta (6), o português foi comparado a ninguém menos que Clarence Seedorf, ídolo rossonero.

"O Milan viu muitas lendas pisarem o gramado da sua lendária casa, San Siro. Entre eles, um certo Clarence Seedorf, que há muito fez as delícias do público milanês com as suas atuações. Esta quinta-feira, Renato Sanches despertou a memória do holandês, fazendo uma cópia quase perfeita em estilo próximo do ilustre mais velho", começou por dizer a revista.

Seguindo a comparação de Sanches ao holandês, a France Football afirmou que o ex-Bayern de Munique foi como um maestro em campo para o Lille, tendo, inclusive, deixado Sandro Tonali, um dos nomes mais promissores do plantel do Milan ‘irritado’ em campo.

“Sempre justo nas suas escolhas, nunca entrou em pânico com a bola no pé, o português brilhou com a sua capacidade de regular o ritmo da equipe. À frente da defesa, substituiu Sven Botman e José Fonte por pedir a bola incessantemente e nunca perdê-la. Com as suas arrancadas, permitiu que sua equipe se projetasse rapidamente para a frente e irritou Sandro Tonali, que ficou chocado com as qualidades físicas do ex-Bayern”, concluiu.

Com a vitória sobre os italianos, o Lille foi a sete pontos no grupo H e assumiu a ponta, desbancando o próprio Milan, que caiu para a segunda colocação. Renato Sanches, por sua vez, fez seu nono jogo na temporada pelos franceses.

Agora com 23 anos anos, o meia português voltou a ganhar destaque nas páginas dos principais veículos do noticiário europeu após um longo período. Isso porque o jogador foi campeão europeu com Portugal em 2016, inclusive sendo eleito a revelação daquela edição da Euro. Depois se transferiu do Benfica para o Bayern como reforço de peso, mas acabou por não corresponder às expectativas.