<
>

Ex-Flamengo fala sobre convivência com Ronaldinho Gaúcho: 'Tem o mundinho dele'

A passagem de Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo começou cercada de euforia e terminou com uma saída polêmica. A escolha do craque pelo clube da Gávea para voltar ao Brasil em 2011 - depois de uma década na Europa - foi bastante controversa, pois Assis, irmão e agente do jogador, negociou com Palmeiras e Grêmio.

Durante um ano e cinco meses no Flamengo, Ronaldinho venceu o Carioca de 2012 e teve algumas apresentações memoráveis – como na vitória por 5 a 4 sobre o Santos de Neymar pelo Brasileiro de 2011 – e outras atuações decepcionantes.

Um dos grandes parceiros de R10 dentro dos campos nesse período foi Deivid, que esteve no Flamengo na época com o meio-campista, e hoje trabalha como diretor de futebol do Cruzeiro. Em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br, o ex-centroavante conta como foi o período de parceria com o craque e como Ronaldinho foi peça-chave na formação e no crescimento dos jovens do Flamengo na época.

“O Ronaldo é muito tranquilo. Tem o mundinho dele. Gosta de samba, de tomar a cervejinha dele. Sempre foi muito na dele. Mas é assim até hoje, nós nos falamos às vezes”, disse o ex-jogador.

Deivid diz que Ronaldinho tinha uma ótima convivência com os colegas menos renomados.

“É um cara sensacional, que gosta de ajudar as pessoas, ajudava demais os jovens que vinham da base. É uma referência. É campeão do Mundo, da Libertadores, é um cara que tem todo o meu respeito e sempre admirei”, afirmou.

Um dos nomes que surgiu naquela época como uma das revelações do Flamengo, Thomás, contou à ESPN em 2106 que recebeu muitas orientações do astro.

“Os conselhos que ele me dava sobre futebol eram muito importantes. Ele orientava muito na forma de me posicionar e como cabecear a bola, que era uma dificuldade que eu tinha naquela época. Eu sempre escutei muito e via os vídeos dele", relatou Thomás.

Na passagem pelo Flamengo, Ronaldinho fez 28 gols em 74 jogos. O astro deixou a Gávea no fim de maio de 2021 depois que passou a ter os salários atrasados