<
>

Champions League: Liverpool poupa tridente de ataque, perde Fabinho machucado, mas vence Midtjylland

O Liverpool venceu sua segunda partida na fase de grupos da Champions League, mas de um jeito bem mais discreto do que a diferença de qualidade entre os times poderia supor. Contra o dinamarquês Midtjylland, estreante no torneio europeu, o time inglês poupou Salah, Firmino e Mané em boa parte do jogo, perdeu o brasileiro Fabinho por lesão e contou com só dois chutes no gol para vencer por 2 a 0, em Anfield, nesta terça-feira (27). Diogo Jota e Salah marcaram.

O primeiro gol, aliás, é bastante significativo para o Liverpool, por ser o número 10 mil da história do clube. Fundado em 1892, o atual campeão inglês soma todos os tentos desde então, de ligas menores, em seus primórdios, até os torneios mais importantes da atualidade. O primeiro gol foi de Jock Smith.

Coube a Diogo Jota liderar um ataque bastante modificado. Devido à desgastante sequência de jogos, Jürgen Klopp decidiu poupar seu trio titular e escalou o português, um dos reforços da nova temporada, ao lado de Minamino e Origi. Não houve encaixe dos atacantes, o que tornou a partida bastante travada.

Para piorar a situação, o Liverpool ainda viu Fabinho sair machucado, com um problema muscular. O brasileiro foi escalado como zagueiro ao lado de Joe Gomez, uma função que exerce desde a lesão grave de Virgil van Dijk, que corre risco de só voltar a atuar na próxima temporada. Sem o camisa 3, Klopp precisou apostar no garoto Rhys Williams.

O primeiro tempo foi de pouquíssimas emoções, sem trabalho aos goleiros e muita disputa de bola nas intermediárias. Klopp chegou até a reclamar da violência do Midtjylland, que recebeu três dos quatro cartões amarelos na primeira etapa. O gol da vitória saiu só aos 10 da etapa final, em uma jogada bem trabalhada.

Alexander-Arnold recebeu com liberdade pela direita, tabelou com Shaqiri e invadiu a área para rolar até Diogo Jota, que bateu sem goleiro. Foi o primeiro chute do Liverpool no alvo, o que evidencia a dificuldade da partida.

Os dinamarqueses tentaram soltar o time na reta final do jogo e até levaram susto a Alisson aos 44 minutos do segundo tempo, em linda jogada individual que Dreyer desperdiçou cara a cara com Alisson. Como castigo, Salah puxou contra-ataque gigante, foi derrubado na área nos acréscimos, assumiu a responsabilidade e definiu a vitória, com o sexto gol de pênalti seguido do camisa 11.

O Liverpool chega agora a seis pontos, após duas vitórias pelo mesmo placar (a estreia foi contra o Ajax). O próximo desafio é a Atalanta, que empatou com os holandeses e ocupa a segunda posição do grupo D, com quatro pontos. Ajax, com um, e Midtjylland, sem nada, completam a chave. A próxima rodada é na terça-feira que vem (3).

Ficha técnica

Liverpool 2 x 0 Midtylland

GOLS: Diogo Jota e Salah (LIV)

LIVERPOOL: Alisson, Alexander-Arnold, Fabinho (Williams), Joe Gomez e Robertson; Henderson (Wijnaldum), Milner e Shaqiri; Minamino (Salah), Origi (Mané) e Diogo Jota (Firmino). Técnico: Jürgen Klopp

MIDTYJLLAND: Andersen; Andersson, Sviatchenko, Scholz e Paulinho; Onyeka, Cajuste (Kraev), Dreyer, Sisto (Evander) e Mabil (Anderson); Kaba (Pfeifer). Técnico: Brian Priske

Estatísticas

Diogo Jota fez o gol 10 mil em 128 anos de história do Liverpool

Midtjylland sofreu o 5º gol em 2 jogos na temporada de estreia da Champions

Salah e Mané jogaram apenas os 30 minutos finais, poupados por desgaste

Liverpool chega a 25 gols em 11 partidas na nova temporada, 2 deles na Champions

Midtjylland perdeu só 2 dos 6 últimos jogos, ambos no torneio europeu

Salah converteu os últimos 6 pênaltis que bateu


Classificação

- Liverpool: 1º, com 6 pontos
- Midtjylland: 4º, com 0 ponto


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no fim de semana por seus respectivos campeonatos nacionais.

  • Sábado (31/10), 12h*, Nordsjaelland x Midtjylland

  • Sábado (31/10), 14h30*, Liverpool x West Ham

*horário de Brasília