<
>

Em jogo de ataque contra defesa, Atlético-MG para em Luan Polli e empata com o Sport

O Atlético-MG ficou no empate sem gols com o Sport neste sábado, no Mineirão, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo dominou, pressionou, finalizou 25 vezes (contra apenas três do adversário), mas parou em grande atuação do goleiro Luan Polli e da defesa rubro-negra.

Com o resultado, a equipe comandada por Jorge Sampaoli fica na terceira posição com 32 pontos conquistados. Internacional e Flamengo, os dois primeiros colocados com 34 pontos cada, se enfrentam neste domingo. O Leão, por sua vez, tem 21 pontos e ocupa o 11º lugar.

Pela próxima rodada, o Sport entra em campo no domingo (1), às 16h (de Brasília), quando recebe o Athletico-PR na Ilha do Retiro, em Recife. No dia seguinte, às 17h, o Atlético-MG visita o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo.

O jogo

O primeiro tempo teve o Atlético-MG comandando as ações ofensivas e o Sport bem fechado na defesa. Com paciência e toque de bola, o time de Jorge Sampaoli tentou criar oportunidades de perigo, mas errou muitos passes e não foi efetivo nas poucas oportunidades criadas.

A primeira chance real da etapa inicial veio dos pés de Keno, aos 19 minutos. Junior Alonso deu uma de lateral esquerdo, foi à linha de fundo e fez o cruzamento. A zaga desviou de cabeça e deixou nos pés do camisa 11, que chutou para boa defesa de Luan Polli.

O Galo voltou a ameaçar aos 41 minutos, quando Savarino arriscou o chute rasteiro da entrada da área e exigiu grande intervenção do goleiro rubro-negro. Na sequência, Jair recebeu de Keno e bateu forte para mais uma defesa do arqueiro adversário.

Nos acréscimos, o camisa 11 ainda desperdiçou duas ótimas oportunidades. Ele invadiu a área e ficou cara a cara com Luan Polli, que defendeu a primeira tentativa. O atacante ficou com o rebote, mas mandou para fora.

Na volta do intervalo, os mineiros voltaram a encontrar dificuldades para furar o bloqueio pernambucano. Quando enfim construíram uma jogada perigosa, aos 12 minutos, os donos da casa viram Luan Polli salvar os visitantes mais duas vezes, em chutes de Alan Franco e Keno. No lance seguinte, foi o travessão que evitou o gol alvinegro em cabeceio de Eduardo Sasha.

Aos 21, Sampaoli tentou mudar a cara do time ao promover as entradas de Marrony e Matías Zaracho nos lugares de Sasha e Alan Franco. E o argentino, estreante da noite, finalizou pela primeira vez três minutos depois, da meia-lua, mas parou em mais uma defesa do goleiro do Sport.

Com o Atlético-MG já desesperado e apelando para as bola longas, Keno ainda teve mais uma boa chance aos 39 minutos. O atacante recebeu cruzamento vindo da direita, tentou bater de chapa, mas pegou de tornozelo e mandou pela linha de fundo. Com isso, o empate sem gols persistiu até o apito final.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 0 SPORT

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 24 de outubro de 2020, sábado

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior

Auxiliares: Rafael Trombeta e Victor Hugo Imazu dos Santos

VAR: Heber Roberto Lopes

Cartões amarelos: Jorge Sampaoli, Keno (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco (Matías Zaracho) e Nathan; Savarino, Keno e Eduardo Sasha (Marrony).

Técnico: Jorge Sampaoli

SPORT: Luan Polli; Patric, Rafael Thyere, Adryelson e Raul Prata (Júnior Tavares); Chico, Márcio Araújo (Ronaldo Henrique), Ricardinho (Marcos Serrato), Lucas Mugni e Thiago Neves (Marquinhos); Leandro Barcia.

Técnico: Jair Ventura