<
>

Grêmio e Inter disputam 1º lugar na Libertadores para 'fugir' de seis campeões; veja como está cenário para oitavas

Grêmio e Internacional entrarão em campo de olho no rival nesta quinta-feira, às 21h50 (de Brasília), em busca da liderança do Grupo E na Conmebol Libertadores.

Quem terminar em primeiro lugar evitará enfrentar nas oitavas de final ao menos seis campeões do torneio: Flamengo, Palmeiras, River Plate, Nacional-URU, Santos, e Boca Juniors. O outro líder de chave é o Jorge Wilstermann-BOL.

Além disso, poderá jogar o duelo de volta em casa.

Entre os segundos colocados já classificados, apenas dois já foram campeões do torneio: Racing-ARG e LDU-EQU. Os outros clubes garantidos são: Athletico-PR, Delfín-EQU, Independiente del Valle-EQU e Guaraní-PAR

Com 8 pontos ganhos, o time comandado por Eduardo Coudet, que está na segunda posição da chave, precisa de um empate para se classificar às oitavas. Para buscar o primeiro lugar, além de vencer a Universidad Católica-CHI, será necessário torcer para que o Grêmio, líder com 10 pontos, perca para o América de Cali na Arena de Porto Alegre.

A situação do Grêmio é bastante confortável, pois precisa apenas de um empate para ficar na liderança ou pode até mesmo perder, desde que o Internacional não vença o seu duelo.

Mesmo tendo um duelo direto pela liderança do Brasileiro no final de semana contra o Flamengo, o Internacional não deverá poupar jogadores no jogo contra a Católica fora de casa.

O sorteio que define os duelos das oitavas de final da Libertadores acontece nesta sexta-feira, às 12h (de Brasília) com transmissão, ao vivo, do FOX Sports e acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br. Os confrontos serão entre primeiros e segundo colocados de cada chave.

Além dos jogos de Grêmio e Inter, o único outro grupo a ter sua definição ainda nesta quinta é o H. O Boca, que enfrenta o Caracas, já garantiu a liderança. Libertad-PAR e Carcas-VEN disputam a outra vaga nas oitavas.