<
>

Presidente do River nega propostas de São Paulo e Santos por atacante e fala sobre futuro de Gallardo

O presidente do River Plate, Rodolfo D’Onofrio, negou que a dupla Santos e São Paulo tenha feito qualquer proposta para contratar o atacante Matías Suárez do clube argentino, além de afirmar que não pretende negocia o jogador.

“Não chegou nada do Brasil e não acredito que vá chegar. Nossa ideia é manter Matías e o elenco como está. Algumas saídas aconteceram, não gostaríamos, mas quando o jogador quer sair...”, disse D’Onofrio em entrevista “90 Minutos de Fútbol”, na Argentina.

“Temos que conseguir negociar a transmissão do futebol argentino para o exterior porque senão continuaremos apenas a vender jogadores”, completou o dirigente, citando a dificuldade para segurar jogadores diante do assédio, como em Nacho Fernández.

No início do ano, o Internacional de Eduardo Coudet tentou contratar o jogador, que agora virou alvo do Atlético-MG a pedido do técnico Jorge Sampaoli. O River joga duro para não perder o atleta.

O futuro do técnico Marcelo Gallardo também foi tema da entrevista. Inclusive porque o nome do argentino ganha cada vez mais elogios fora do país. Há quem defende até que ele vire, em algum momento, técnico da seleção.

“Gallardo é um líder absoluto com uma capacidade obsessiva para o trabalho. Todo jogador que chega ao River sabe que vai lutar por uma posição”, disse o presidente durante a entrevista.

“Meu desejo é que Gallardo continue conosco nos próximos anos. Ele é o protagonista do projeto que estamos realizando, mas para que continue dependemos do país”.