<
>

Messi explica por que criticou Barcelona em saída de Suárez e fala em 'deixar diferenças': 'Tudo passou'

Lionel Messi assegurou em entrevista ao jornal catalão “Sport” que seu compromisso com o Barcelona “segue intacto” e proclamou, como capitão do time, que “dará o melhor” em campo, com o mesmo ímpeto de sempre. “Não sou capaz de jogar de outro jeito que não para ganhar”.

Depois de uma prévia das falas do craque argentino, nesta quarta o diário divulgou as declarações completas do jogador, que tentou diminuir o barulho causado pelo pedido que fez ao Barcelona para deixar o clube e até sua entrevista posterior ao site “Goal”, em que manifestou descontentamento.

“Quem me conhece sabe que não sou capaz de jogar de outro jeito que não seja sempre para ganhar e dar tudo em campo. Foi assim durante toda minha carreira e isso não vai mudar”, declarou Messi, avisando que sua identificação com o Barça é “inegociável”. “Hoje meu compromisso com esta camisa e este escudo é total, segue intacto”.

“Esta equipe dará o melhor com o único objetivo de conseguir as alegrias que sempre dá o futebol, sobretudo a essas pessoas, nossos torcedores que tanto merecem”, completou, em uma mensagem clara à torcida.

Messi também falou, de passagem, sem maiores explicações, sobre a mensagem que publicou no Instagram ao se despedir de Luis Suárez, em que criticou a postura do Barcelona. “Só disse o que sentia em alguns momentos que foram duros para mim.”

“Devemos deixar as diferenças, eu particularmente assumo meus erros, que se existiram foram só para fazer um Barcelona melhor e mais forte”, resumiu, completando com o objetivo de recuperar a unidade no clube, a todos os níveis, e enterrar de vez o que aconteceu.

“Já foi, tudo passou. Devemos nos concentrar em fazer o melhor possível e em conseguir tudo o que podemos conseguir juntos, como equipe e como torcida: somando paixão e desejo, será a única forma de poder conseguir os objetivos, sempre unidos e remando na mesma direção.”