<
>

Por que Haaland foi do Red Bull para o Borussia Dortmund? Ex-diretor do RB Leipzig explica

Poucos jogadores jovens geram tanta expectativa no futebol mundial como Erling Braut Haaland. O norueguês de 20 anos explodiu na última temporada ao ser contratado pelo Borussia Dortmund junto ao Red Bull Salzburg, escancarando a oportunidade perdida pelo 'clube irmão' RB Leipzig na Bundesliga. No último sábado, veio a explicação.

"De tudo que eu sei sobre ele e o pai dele, a principal razão foi que o Dortmund conseguiu garantir espaço e regularidade (no time titular) para ele", revelou o ex-chefe da divisão de Esportes e Desenvolvimento no Futebol da Red Bull, Ralf Rangnick, em entrevista à TV alemã Mitteldeutscher Rundfunk.

"Isso não foi tão difícil, porque além do Paco Alcácer, eles não tinham centroavante. Alcácer tinha metade do tamanho do Haaland, metade da velocidade e ficava o dobro de tempo lesionado", completou Rangnick, que também já foi técnico e diretor de futebol do RB Leipzig.

O atacante, que tem 18 gols em 21 jogos pelo clube aurinegro, foi vendido por 20 milhões de euros (cerca de R$ 93,5 milhões na cotação da época) em janeiro de 2020. Naquele momento, de fato, o RB Leipzig tinha boas opções para a posição: Timo Werner, Matheus Cunha, Yussuf Poulsen e Patrik Schick.

"Uma pena para o Leipzig, teria sido um encaixe perfeito para a gente, nosso time e nosso estilo de jogo", lamentou Rangnick.

"Talvez com o Alexander Sorloth um 'Haaland dois' virá para o RB Leipzig", previu o ex-dirigente, se referindo ao norueguês de 24 anos que foi comprado pelo clube alemão junto ao Crystal Palace pelos mesmos 20 milhões de euros em setembro deste ano.