<
>

Chelsea: Oscar relembra títulos da Premier League e recorda relação com Mourinho: "Acreditava muito em mim"

play
Oscar relembra parceria com Mourinho no Chelsea: "Sempre confiou e me passou bastante confiança" (1:16)

Meia brasileiro foi comandado pelo técnico português nos Blues ao longo de quase três temporadas (1:16)

Atualmente defendendo as cores do Shanghai SIPG, da primeira divisão chinesa, o meia Oscar já passou por diversos gigantes do futebol mundial e coleciona histórias dentro e fora dos gramados. Revelado pelo São Paulo, o atleta fazia parte do elenco tricampeão brasileiro em 2008. Depois, rumou ao Internacional, onde conquistou a Recopa Sul-Americana e se tornou um dos principais jogadores. O sucesso o levou a atravessar o oceano rumo ao Chelsea, onde conquistou por duas vezes a Premier League e a Liga Europa.

Em entrevista ao FOXSports.com.br, Oscar relembrou as taças que levantou ao longo da vitoriosa carreira. O meia de 29 anos, que está na China desde 2017, destacou o título que guarda com mais carinho. Além disso, revelou a dificuldade do Campeonato Brasileiro e apontou o Campeonato Inglês como o torneio mais difícil do mundo.

“Quando eu fui campeão brasileiro, eu era muito novo, ainda. Peguei o tri do São Paulo. Depois, joguei mais jogos no ano seguinte, quando a gente perdeu para o Flamengo. E o Brasileiro é muito difícil, muito difícil. A Premier League, também, é muito disputada, porque é o melhor campeonato do mundo, os times são muito rápidos, todos são muito bons. Os dois são bem difíceis, e ganhar a Premier League, por duas vezes, foi muito importante na minha carreira e que eu levo com muito carinho. É um dos principais, sim. A Liga Europa, lógico, é muito importante. A Copa das Confederações, também, com a seleção brasileira, também, por ter sido no Brasil, contra a Espanha, que era a atual campeã do mundo”, disse.

No Chelsea, Oscar chegou com o pé direito. Em sua primeira partida como titular, o meia marcou os dois gols no empate com a Juventus por 2 a 2, na Champions League da temporada 2012-13. Um ano após sua chegada, o meia teve a oportunidade de trabalhar com um dos treinadores mais vencedores da Europa: o português José Mourinho. Sobre a relação com o ‘Special One’, o brasileiro destacou a confiança e o jeito sincero que o atual treinador do Tottenham tratava os jogadores do elenco.

play
1:04

Oscar relembra títulos na carreira e aponta o que mais leva com carinho

Meia brasileiro, que atualmente defende o Shanghai SIPG, da China, conquistou duas vezes a Premier League pelo Chelsea. Imagens: Twitter @oscar8

“Fiquei quase três anos com o Mourinho, foram muitas conversas. Desde que ele chegou, nós conversamos bastante, ele sempre confiou em mim, me passou bastante confiança. Ele acreditava muito em mim e no Hazard, na época, e a gente correspondeu. No segundo ano dele, fomos campeões da Premier League, jogamos muito bem. E ele é daquele jeito mesmo. Mourinho é bem direto nas coisas que ele fala, mexe muito com o seu psicológico para você sempre dar o seu melhor, por isso que ele é um dos melhores treinadores”, começou por afirmar.

Oscar também revelou o incentivo que Mourinho dava antes de partidas grandes. O meia disse que o português o apontava como um jogador que poderia ser tornar um dos melhores na posição.

“Sempre me cobrava bastante, porque falava que eu podia ser um dos melhores, que jogava muito bem pelo Chelsea e quando ia para a seleção. Ele me cobrava, principalmente, nos jogos que a gente ia jogar contra times mais duros, que não era só o jogo bonito, time que dava carrinho. Isso era o que ele mais cobrava. Eu aprendi muito isso com ele, não usar só a técnica, mas a raça e a vontade, também”, finalizou.

Ver essa foto no Instagram

Seven years ago... #OnThisDay @chelseafc

Uma publicação compartilhada por Oscar Emboaba (@oscar_emboaba) em