<
>

Messi faz dois, Coutinho deixa o dele, e Barcelona vence amistoso com Girona

play
Pjanic chega cheio de estilo ao Barcelona, assume camisa 8 e faz embaixadinhas em apresentação (1:19)

O jogador de 30 anos foi envolvido em uma troca que o levou ao Camp Nou enquanto Arthur acabou na Juventus (1:19)

Lionel Messi é um "morto em cima da mesa"? Ao que tudo indica, não parece.

Após ser chamado de "morto em cima da mesa" pelo técnico Paco Jémez, o camisa 10 do Barcelona deu a melhor resposta possível: dentro de campo. Nesta quarta-feira, a equipe enfrentou o Girona em amistoso de pré-temporada e o argentino fez dois gols na vitória por 3 a 1 dos catalães - Phillipe Coutinho deixou o outro para os donos da casa e Sáiz diminuiu.

No melhor ritmo de amistoso de pré-temporada, a partida aconteceu em uma rotação abaixo do que estamos acostumados nas partidas que estão valendo, mas o técnico Ronald Koeman terá muita coisa de positivo para tirar da atuação catalã, principalmente da linha de frente. Os titulares foram Messi, Coutinho, Griezmann e o recém-contratado Trincão, que mostraram bastante entrosamento e criaram boas jogadas, como no lance do primeiro gol em que os quatro participaram da jogada.

Griezmann recebeu pelo meio, fintou a marcação e serviu Messi. O camisa 10 deu um passe genial e achou Trincão entrando na área nas costas do lateral-esquerdo. O português rolou para o meio e Phillipe Coutinho só teve o trabalho de empurrar para as redes, marcar seu segundo gol em dois amistosos e fazer a 1 a 0.

Com a vantagem no placar, o Barcelona seguiu trabalhando a bola no campo de ataque e chegou ao segundo gol graças ao talento de Lionel Messi. Sem fazer muito esforço, o camisa 10 recebeu pela esquerda, cortou para o meio e, de perna direita, colocou a bola no ângulo de Martín Corral, fazendo um golaço e fechando a primeira etapa com os catalães com dois gols de vantagem.

Na volta do intervalo, um pequeno susto para os donos da casa. Logo no primeiro minuto, uma boa jogada do Girona encontrou Samuel Sáiz livre dentro da área e o atacante não perdoou: bateu sem chance para Neto e diminuiu para 2 a 1.

A alegria dos visitantes não durou nem cinco minutos, porém. Lionel Messi recebeu a bola na ponta direita da grande área, cortou para o meio e chutou de canhota. O camisa 10 contou com um desvio na zaga para vencer Martín Corral e fazer o 3º do Barcelona. Aos 15 minutos, Koeman fez sete alterações simultâneas, colocou a equipe reserva em campo, inclusive com algumas promessas que tentaram mostrar serviço.

Principalmente Pedri González, que teve duas boas chances de marcar, mas parou em defesas de Martín Corral.

Ficha técnica

Barcelona 3 x 1 Girona

GOLS: Coutinho e Messi 2x (BAR); Sáiz (GIR);

BARCELONA: Neto, Sergi Roberto (Semedo), Ronald Araújo, Piqué (Lenglet) e Alba (Firpo); Busquets (Aleña), De Jong (Riqui Puig), Trincão (Pedri González), Messi (Dembélé) e Coutinho (Konrad de la Fuente); Griezmann (Braitwhaite); Técnico: Ronald Koeman

GIRONA: Martín Corral, Calavera (Maxi Villa), Pedro Alcalá (Jonás Ramalho), Espinosa (Bueno) e Mojica (Franquesa); Gumbau (Granell), Kebe (Diamanka), Fernández, Sáiz (Delgado) e Izquierdo (Priego); Turmo (Zeballos); Técnico: Juan Carlos Unzué