<
>

Palmeiras recusa oferta de R$ 66,3 milhões do Benfica por Patrick de Paula

play
Jorge Nicola: Palmeiras recusa oferta de R$ 66,3 milhões do Benfica por Patrick de Paula (2:28)

O negócio foi recusado porque o Palmeiras pediu 15 milhões de euros (R$ 99,6 milhões) mais a manutenção de 20% do valor de uma venda futura. (2:28)

O Palmeiras recusou uma proposta de 10 milhões de euros (R$ 66,3 milhões) do Benfica pelo volante Patrick de Paula, 20, jovem que tem se destacado na temporada alviverde.

A informação é do jornalista da ESPN Brasil Jorge Nicola em seu blog no portal Yahoo!, nesta terça-feira (25).

A proposta chegou ao Palmeiras por meio do empresário Giuliano Bertolucci, que representa o volante e muitos outros jogadores no Brasil, além de participar de grandes negociações. Por exemplo, a ida de Pedrinho, do Corinthians, para o Benfica.

Uma pessoa próxima a Patrick de Paula garantiu para Nicola que o negócio foi recusado porque o Palmeiras pediu 15 milhões de euros (R$ 99,6 milhões) mais a manutenção de 20% do valor de uma venda futura.

"O Benfica já gastou bastante na atual janela de transferências, para atender aos pedidos do Jorge Jesus, e não vai chegar aos 15 milhões de euros que o Palmeiras quer”, disse a fonte do jornalista.

Por causa da crise econômica no futebol, agravada ainda mais com o impacto mundial da COVID-19, o Palmeiras é um dos muitos clubes do Brasill que admite ter de negociar jogadores para colocar as contas em dia.

Mas a direção quer tentar segurar Patrick de Paual pelo menos mais um ano. Assim crê assegurar retorno esportivo e também conseguir com que o jovem de 20 anos fique mais valorizado no mercado internacional.

A ideia da direção é negociar outros jogadores, como Gustavo Scarpa e Bruno Henrique.

Antes da oferta do Benfica, o Palmeiras já havia sido sondado em relação a Patrick de Paula por Borussia Dortmund, Olympique de Marselha, Inter de Milão e Atlético de Madrid.