<
>

Juventus demite Maurizio Sarri após eliminação na Champions League

play
Lyon elimina Juventus de Cristiano Ronaldo e vai às quartas de final da Champions League (0:51)

A Velha Senhora não era eliminada nas oitavas da Champions desde 2016, quando foi despachada pelo Bayern de Munique. A equipe seria finalista em 2017 e caiu nas quartas de final em 2018 e 2019. (0:51)

Maurizio Sarri não é mais técnico da Juventus. Em nota divulgada na manhã deste sábado, o clube anunciou a demissão do treinador italiano um dia após a eliminação da Velha Senhora nas oitavas de final da Champions League para o Lyon.

"O clube gostaria de agradecer ao treinador por escrever uma nova página na história da Juventus com a conquista do nono Scudetto consecutivo, a afirmação de uma jornada pessoal que o colocou no topo de todas as categorias do futebol italiano", diz o comunicado assinado pela diretoria bianconera.

A demissão ocorre após Sarri dizer em coletiva que não se sentia ameaçado mesmo após a queda precoce na principal competição de clubes do mundo.

"Não penso que técnicos e dirigentes tomam decisões baseadas em um jogo", disse na coletiva após a vitória por 2 a 1 contra o Lyon, insuficiente para garantir a vaga da Velha Senhora à próxima fase. O técnico tinha contrato até 2022 com a Juventus.

Maurizio Sarri deixa a Juventus após 50 partidas, com aproveitamento de 64% - 32 vitórias, 9 empates e 9 derrotas.

O título da Seria A foi o único do clube italiano sob comando do italiano. Na mesma temporada, a Juve foi derrotada para a Lazio na Supercopa da Itália e para o Napoli, nos pênaltis, na final da Copa da Itália.