<
>

Benfica paga abaixo por um, acima por outro para ter Pedrinho e Cebolinha entre mais caros de sua história

play
Renato Gaúcho diz que atitude de Jorge Jesus com Everton Cebolinha 'não existe': 'Tentou fazer a cabeça para o jogador não entrar em campo' (3:43)

Negociado com o Benfica, atleta brasileiro recebeu ligação do treinador português antes do Gre-Nal (3:43)

Everton Cebolinha já se despediu do Grêmio depois da vitória no clássico contra o Internacional nesta quarta-feira e agora se prepara para ir ao Benfica.

O atacante da seleção brasileira chegará ao clube como segunda contratação mais cara da história das Águias, tendo custado 20 milhões de euros, assim como Pedrinho, que recentemente deixou o Brasil, onde defendia o Corinthians. No entanto, há ainda bônus que pode aumentar o valor do negócio envolvendo Everton.

Outra diferença entre os dois é o valor de mercado que cada um tinha. No momento de sua venda pelo Corinthians ao Benfica, Pedrinho, de 22 anos, era (e continua sendo) cotado em 13,5 milhões de euros pelo site Transfermarkt.

Cebolinha, de 24 anos, é avaliado em 28 milhões de euros, mais do que o dobro do que o futuro companheiro nos Encarmados.

Os dois ainda têm a companha de Raúl de Tomás e Julian Weigl, que foram contratados na última temporada por 20 milhões de euros cada. O primeiro, aliás, já saiu do clube lisboeta, tendo sido vendido ao Espanyol no começo do ano por 22,5 milhões de euros.

A lista de mais caros do Benfica é liderada por Raúl Jiménez, que foi contratado por 22 milhões de euros em 2015. Hoje um dos destaques do Wolverhampton, o mexicano acabou vendido ao clube inglês por 38 milhões de euros.

play
3:43

Renato Gaúcho diz que atitude de Jorge Jesus com Everton Cebolinha 'não existe': 'Tentou fazer a cabeça para o jogador não entrar em campo'

Negociado com o Benfica, atleta brasileiro recebeu ligação do treinador português antes do Gre-Nal