<
>

Ibrahimovic participa de 15 gols em 18 jogos e transforma Milan no '2º melhor time' da Itália, a frente até da Juventus

play
'Não é possível que vocês são amigos': no Resenha, Maxwell conta como nasceu amizade com Ibrahimovic (1:31)

Ex-lateral é o convidado do Resenha desta semana (1:31)

“Se eu tivesse chegado ao Milan no início do campeonato, a gente venceria o Scudetto”.

Essa frase de Ibrahimovic, dita após uma vitória incrível sobre a Juventus, parece mais uma das frases exageradas do fanfarrão sueco, mas ficou muito próxima de ser verdade. Ao menos se a gente considerar apenas os números desde que ele entrou em campo.

O sueco retornou ao clube e reestreou na 18ª rodada no empate em 0 a 0 com a Sampdoria. Àquela altura, a equipe rubro-negra era 11ª colocada com 21 pontos em 17 rodadas disputadas.

Neste sábado, o Milan encerrou a Série A na 6ª colocação com 66 pontos em 38 rodadas. Mas o que mais impressiona são os números se pegarmos o recorte apenas desde a estreia de Ibra.

Nas 21 rodadas disputadas desde que o sueco retornou, o Milan tem a segunda melhor campanha do Campeonato Italiano, somando 45 pontos em 21 jogos, anotando 47 gols e sofrendo apenas 22.

Destas 21 partidas, Ibra entrou em campo em 18 e participou diretamente de 15 gols (10 gols e 5 assistências).

A campanha do Milan no período só fica atrás da Atalanta, que somou 47 pontos desde a 18ª rodada, e supera a Juventus, terceira melhor campanha ao lado da Lazio com 41 pontos cada.