<
>

Benedikt Höwedes para aos 32 anos, e Alemanha campeã no Brasil tem agora sete aposentados

play
Felipão 'obsoleto', Neymar fora e 'muletas': no aniversário do 7 a 1, relembre análises de Mauro Cezar que antecederam Brasil x Alemanha (3:05)

Na véspera do confronto com a seleção alemã, o comentarista disse que a equipe de Scolari não poderia se comportar como 'pobrezinha' (3:05)

O defensor Benedikt Höwedes é o sétimo jogador da Alemanha campeã da Copa do Mundo de 2014 a anunciar a aposentadoria dos gramados.

Antes dele, Philipp Lahm, Per Mertesacker, Bastian Schweinsteiger, Miroslav Klose, Weidenfeller e Schürrle penduraram as chuteiras.

Höwedes, 32 anos, fez o anúncio em uma entrevista publicada pela revista "Der Spiegel".

O alemão, que rescindiu seu contrato com o Lokomotiv Moscou, disse que recebeu ofertas de clubes da Bundesliga, mas que decidiu encerrar a carreira para ficar mais com a minha família.

"Nas férias, percebi o quão gratificante é estar perto do meu filho e o futebol de repente se tornou menos importante para mim", disse.

O defensor, que jogou 16 anos pelo Schalke 04, passou também por Juventus e Lokomotiv.

Apesar de ter feito quase toda a carreira como zagueiro, Höwedes foi utilizado como lateral esquerdo na Copa do Mundo disputada no Brasil.