<
>

Fluminense x Flamengo desbanca Marilia Mendonça e vira a maior 'live' da história do Youtube

O YouTube tem um novo recordista de acessos simultâneos na plataforma. Depois de muitas idas e vindas na briga pelos direitos de transmissão, o Fluminense conseguiu assegurar a exclusividade da FluTV e abocanhou o recorde: o duelo contra o Flamengo teve um pico de 3,59 milhões de pessoas simultâneas, justamente na hora do título tricolor da Taça Rio, nas cobranças de pênaltis.

Até hoje, o recorde era da cantora brasileira Marilia Mendonça, que registrou 3,3 milhões acessos simultâneos. Nenhuma outra "live" teve números maiores de acessos simultâneos.

No dia 1º de julho, o Flamengo já havia se colocado entre as transmissões mais vistas da história. A vitória contra o Boavista teve 2,1 milhões de acessos simultâneos e se tornou a maior do esporte até então.

O duelo rubro-negro contra o Volta Redonda, no domingo, também chegou à marca de 2 milhões de pessoas.

O Flu x Fla de hoje, porém, ultrapassa essa marca com tranquilidade.

Supera também outras "lives" gigantes, como as de Jorge e Mateus (3,16 milhões), Andrea Bocelli (2,8 milhões), Gusttavo Lima (2,76 milhões) e Sandy & Junior (2,54 milhões).

Apesar do tamanho da marca no Youtube, se o pico registrado na internet fosse transferido para a TV, a audiência significaria pouco menos de 5 pontos no terminal nacional da Kantar Ibope Media.

A transmissão exclusiva pela FluTV só foi possível depois de muita confusão na Justiça.

Tudo começou com a Medida Provisória nº 984, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro no último mês. A MP, já em vigor, mas ainda pendente de aprovação do Congresso, concedeu ao mandante os direitos de transmissão das partidas.

A Globo, que era dona dos direitos do Fluminense, se irritou com as transmissões que o Flamengo estava fazendo e encerrou o contrato.

O Fla chegou a entrar com uma liminar para também ter o direito de transmissão da decisão. O TJD até chegou a acatar o pedido, mas o STJD derrubou a liminar pouco depois.