<
>

Santos perde disputa de R$ 369 milhões com o Barcelona por Neymar na CAS

play
Neymar dá canetaça em treino do PSG, faz lindo gol e tira sarro nas redes sociais: 'Desculpe, Thilo Kehrer' (0:13)

Via Instagram @neymarjr | Brasileiro segue se preparando para o retorno da Champions League (0:13)

A CAS (Corte Arbitral do Esporte) anunciou nesta terça-feira que negou a reclamação do Santos contra o Barcelona pela contratação do atacante Neymar, em 2013.

Como o tribunal suíço é a última instância desportiva do mundo, já não cabe mais recurso, e o Peixe terá que aceitar a derrota.

No caso, o clube brasileiro pedia uma reparação no valor de 61.295.000 euros (R$ 369 milhões) ao Barça por supostas fraudes no processo de aquisição de Neymar.

Isto porque, no processo de contratação do atacante, a equipe alvinegra só recebeu 17 milhões de euros dos 86,2 milhões que o Barça investiu na contratação, enquanto a N&N, empresa de Neymar pai, recebeu 40 milhões de euros.

Em nota oficial, o Barcelona comemorou a decisão.

"A CAS considerou que o contrato entre o Santos e o jogador foi rescindido em comum acordo, e que o Barcelona não desrespeitou o acordo de transferência quando pagou quantias adicionais ao pai do jogador e à empresa N&N, e também que o Barcelona não cometeu nenhuma conduta fraudulenta quando ficou o pré-contrato com Neymar e nem quando assinou o acordo de transferência com o Santos", escreveu.

Além da derrota no tribunal, o Santos ainda terá que arcar com as custas processuais, que ficaram em 20 mil francos suíços (R$ 113,36 mil).

Neymar atualmente defende o Paris Saint-Germain, da França, que o contratou em 2017 por 222 milhões de euros.