<
>

Messi, Diego Carlos e Douglas Luiz não perderam um minuto sequer da retomada de LaLiga e Premier League

Após meses de paralisação por causa da pandemia de COVID-19, o futebol na Europa voltou a todo vapor, mas com a preocupação de possíveis lesões dos jogadores devido ao período de inatividade.

Virou rotina os times fazerem as agora permitidas cinco substituições por partida para atenuar o cansaço dos atletas.

Mas existem também aqueles "fominhas", que não perderam um minuto sequer dos jogos desde que o esporte foi retomado.

Em LaLiga, por exemplo, cinco jogadores de linha atuaram nos 630 minutos possíveis nas sete partidas disputadas pós-pandemia.

A fila é puxada "só" por Lionel Messi, craque do Barcelona; estão na lista também Marc Roca (Espanyol), Raul Albiol (Villarreal), Rúben Vezo (Levante) e o zagueiro brasileiro Diego Carlos (Sevilla).

Na Premier League, seis atletas atuaram nos 450 minutos possíveis dos cinco jogos da retomada.

Quatro deles pertencem ao Aston Villa: Tyrone Mings, Kortney Hause, Jack Grealish e o volante brasileiro Douglas Luiz. Os outros dois "homens de aço" são do Sheffield United: Enda Stevens e George Baldock.

Na Alemanha - cuja temporada 2019-20 se encerrou na última segunda-feira -, o volante Maximilian Eggestein, do Werder Bremen, atuou sem parar nos 11 jogos da equipe desde a volta (nove pela Bundesliga e dois pelo playoff contra o rebaixamento).

Outros seis jogadores participaram dos 810 minutos desde maio.