<
>

'De Bruyne vai aplaudir jogadores que não amarram suas chuteiras': ex-Liverpool detona homenagem do City por título inglês

O ex-meio-campista do Liverpool Danny Murphy descreveu a tradição da "guarda de honra" como "um monte de besteiras" antes da partida dos Reds contra o Manchester City na quinta-feira.

Pep Guardiola confirmou que sua equipe irá aplaudir o adversário, que venceu a Premier League com sete rodadas de antecedência.

Murphy acredita que os torcedores não querem que isso aconteça, e nem os jogadores, e está questionando por que isso ainda acontece.

“É uma percepção de respeito, 'a coisa certa a se fazer', a mensagem que você está tentando enviar ao mundo do futebol que quando alguém vence, você mostra respeito. O fato de o City fazer isso na quinta-feira mostrará humildade, dizendo 'bem feito' ao Liverpool e agradecimento por sua qualidade. Eu acho que é um monte de bobagens!”, detonou.

“Não sei por onde começou e nem por que começou, me sentiria desconfortável em fazê-lo. Eu faria porque você precisa, mas eu não gostaria, porque não é feito com sinceridade”, admitiu.

Ele ainda utilizou o exemplo de um jogador do City como exemplo do que pensa.

"Kevin De Bruyne é o melhor meio-campista, provavelmente, do mundo, e está batendo palmas e dando uma guarda de honra aos jogadores que nem conseguem amarrar suas chuteiras", acrescentou o ex-meia dos Reds.