<
>

Campeonato Mineiro define volta em 26 de julho com esquema 'à la Champions League'

Na manhã desta quarta-feira, aconteceu na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, uma reunião entre a Federação Mineira de Futebol e a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, na qual foi apresentada uma proposta para a retomada do Campeonato Mineiro 2020. Foi definido que a competição poderá retornar no dia 26 de julho.

Foram discutidas diversas propostas para a retomada dos jogos, com inúmeras variáveis, sempre com portões fechados. Entre elas: retomar a competição com mando de campo das equipes em suas respectivas cidades e estádios, transferir as partidas em centro de treinamentos, passar o mando de campo das partidas para a FMF e realizar todos os confrontos em sede única, entre outras. Seguindo o calendário original, o desfecho da competição levaria seis semanas.

Entretanto, a entidade que comanda o futebol mineiro apresentou uma alternativa para realizar as partidas restantes em um prazo de três semanas. A tendência é que os confrontos sejam em sede única, provavelmente Belo Horizonte, com início em 26 de julho e desfecho em 16 de agosto, com jogos aos finais de semana e meio de semana. É parecido com o que será feito na Champions League e na Liga Europa, como anunciou a Uefa nesta quarta-feira.

A data permite ainda que os times do interior tenham pelo menos 30 dias para se preparar, já que os clube da capital estão treinando há algumas semanas. A Federação encaminhou o projeto ao COES-MG (Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais), que fará uma avaliação e emitirá uma resposta nos próximos dias.

Segundo apurou a ESPN, porém, a data de reinício e o modelo de disputa não devem ser alterados. Tudo vai depender, é claro, do avanço da pandemia até o momento previsto para a retomada da competição.

Devido à pandemia de COVID-19, o Campeonato Mineiro está paralisada há mais de três meses, desde o dia 15 de março. Restam duas rodadas para o término da primeira fase, semifinais e final. O América-MG lidera com 21 pontos, Tombense vem em 2º, com 20, e Atlético-MG em 3º, com 18 pontos.

"A reunião foi muito boa, o secretário se demonstrou extremamente aberto e favorável ao retorno do futebol. Agora iremos aguardar a resposta do COES, que é o órgão à frente do combate à pandemia em Minas Gerais. Eles darão retorno para a Federação em relação àquilo que foi apresentado e eventuais alterações que tenham que ser feitas. Se tudo isso for seguido e cumprido, nós estamos otimistas que possamos ter a marcação de jogos oficiais já a partir do dia 26 de julho deste ano", disse o presidente da FMF, Adriano Aro.

"O regulamento da competição permanece inalterado. A ideia é terminar o campeonato em três semanas, teremos na primeira semana a 10ª e a 11ª primeira rodada, depois disso, na segunda semana nós teremos as semifinais e na terceira semana as finais. Paralelamente às semifinais e finais, nós teremos a realização também do troféu Inconfidência. Então, nosso campeonato permanece inalterado, apenas com alteração de datas e a adoção de medidas de higiene e segurança paliativas para tentar combater a COVID-19", completou o cartola.