<
>

Empresário detona Yaya Touré após acordo com candidato à presidência do Vasco: 'Mau caráter, mentiroso'

play
Exclusivo: candidato do Vasco diz que Yaya já assinou, explica contrato e garante que ele não será o último (3:05)

Leven Siano explicou que contrato deixa claro que o jogador chega ao clube caso ele seja eleito presidente (3:05)

Depois de o candidato à presidência do Vasco Leven Siano ter dito que chegou a um acordo com Yaya Touré, o empresário Marcos Leite, que vinha conduzindo as negociações para a ida do marfinense ao Botafogo, fez críticas ao jogador de 37 anos.

“Gostaria de enaltecer o trabalho do Botafogo nessa negociação. A gente fez tudo corretamente. O Botafogo chegou aos números que o Yaya pediu, as condições que ele pediu, estava tudo certo”, declarou o empresário ao canal no YouTube Canal do TF.

“Ele deu a palavra dele que jogaria no Botafogo, mas infelizmente nessas últimas horas percebemos que ele não tem palavra. É uma pessoa mau caráter, mentiroso. Desrespeitou o Botafogo, desrespeitou a história do Botafogo, desrespeitou o meu trabalho. Infelizmente, não podemos exigir das pessoas que tenham caráter. Isso vem de berço, e infelizmente ele não tem”, afirmou Leite, que intermediou a ida de Keisuke Honda ao Botafogo.

Candidato a presidente do Vasco, o advogado Leven Siano anunciou nesta quinta-feira, em um vídeo no Instagram, que Yaya Touré tem um acordo para jogar em São Januário caso ele vença as eleições de 2020, que ainda não têm data marcada.

A notícia causou surpresa em Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente e hoje membro do Comitê Executivo do Botafogo.

Caso Yaya Touré vá mesmo ao Vasco, o Botafogo deve ir atrás de John Obi Mikel, uma vez que o clube já demonstrou publicamente ter interesse no atleta nigeriano.