<
>

Asprilla ironiza Juventus pagar 44 milhões de euros por Kulusevski, do Parma: 'Então, eu valia 300'

play
Desafios, 'aula' de álcool em gel e academia com os filhos: como CR7 e Messi estão vivendo a quarentena (2:03)

Os melhores jogadores da atualidade também estão curtindo muito as suas famílias durante o período sem futebol (2:03)

O ex-atacante Faustino Asprilla, ex-Palmeiras e Fluminense, ficou indignado com o fato da Juventus ter pago 44 milhões de euros (R$ 252,25 milhões, na cotação atual) pelo atacante Dejan Kulusevski, de 19 anos, do Parma, em janeiro deste ano.

Asprilla, que fez muito sucesso na Itália atuando justamente pelo Parma, afirmou que o jovem sueco é um "bom talento", mas salientou que o montante desembolsado pela "Velha Senhora" foi muito acima do que ele vale de fato.

"Kulusevski é um bom tanto, mas, considerando o dinheiro investido, fico surpreso com o preço. Se ele custa tanto assim, então Asprilla valia uns 300 milhões de euros (risos)", brincou o folclórico ex-jogador, à Gazzetta dello Sport.

Na atual temporada, Kulusevski soma 5 gols e 7 assistências em 26 partidas pelo Parma.

Apesar de ter sido já contratado pela Juve, ele seguirá em sua equipe atual até o final da temporada 2019/20, sendo incorporado pelos bianconeri em 2020/21.

Asprilla, por sua vez, teve duas passagens pelo Parma, e conquistou vários títulos, como duas Copas da Uefa, uma Copa da Itália, uma Supercopa da Uefa e uma Copa de Campeões de Copas.

O ex-destaque da seleção colombiana se aposentou em 2004, pelo Cortuluá, e atualmente é comentarista de TV na Colômbia, tendo inclusive trabalhado para a ESPN.