<
>

Empresário conta como Bruno Alves, do São Paulo, quase foi parar no Corinthians de Carille

Titular na defesa do São Paulo, Bruno Alves, 28, quase parou no rival Corinthians há três anos, quando deixou o Figueirense, que disputava a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, e se mudou para a capital paulista.

A revelação foi feita pelo empresário do jogador, Nick Arcuri, em entrevista ao canal no YouTube do jornalista Jorge Nicola, comentarista dos canais ESPN.

Ele afirmou que levou o nome de Bruno Alves no meio de 2017 para o Corinthians. Quem avaliou a possibilidade de contar com o defensor foi Fábio Carille, que viveu naquele ano o primeiro como técnico efetivo.

Ao mesmo tempo, o empresário levou a indicação para Alexandre Pássaro, um executivo que ainda estava tentando se firmar no São Paulo. O time tricolor estava em dificuldade, brigando contra o rebaixamento no Nacional, e era treinado por Dorival Júnior.

“Quando a gente trouxe do Figueirense, a torcida, imprensa, trouxe muito questionamento. O Figueirense estava caindo para a Série B. Ofereci para o Corinthians, na época, para o Carille. Ele gostou, disse que ia levar adiante no Corinthians. E falei também no São Paulo”, disse Arcuri.

“Pássaro falou com Dorival, voltou a resposta rapidamente do interesse no jogador. Ele veio como quinto, sexto zagueiro. Meu projeto era para ele se firmar. Mas ele é muito diferenciado. Virou um dos líderes do São Paulo, fico muito feliz. Veio da Série B, questionado e hoje está dando muita alegria”, acrescentou o empresário.

Questionado pelo jornalista sobre o futuro de Bruno Alves, Arcuri disse: “Ele é 100% do São Paulo, hoje falar em valores é difícil, porque o São Paulo não quer nem abrir propostas, não abrem mão do Bruno Alves”.