<
>

Flamengo faz de Gabigol artilheiro e de Jorge Jesus o 'dono' do 'novo Maracanã'

play
Mauro exalta Flamengo oposto ao 'modo banana' e faz paralelo com super-herói: 'Mais forte do que a gente imaginava' (3:23)

Time carioca venceu o Independiente Del Valle por 3 a 0 e levou a Recopa Sul-Americana (3:23)

O Flamengo foi campeão mais uma vez, agora da Recopa Sul-Americana.

Na quarta-feira, o time comandado por Jorge Jesus venceu o Independiente Del Valle, do Equador, por 3 a 0, no Maracanã, e faturou a competição pela 1ª vez em sua história.

Com isso, já são cinco taças desde que o português assumiu o comando, em junho do ano passado: Brasileiro, Libertadores, Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e agora a Recopa. E tudo isso com um retrospecto surreal em sua casa.

Em 23 jogos no Maracanã, Jorge Jesus venceu 20 vezes e empatou 3. Derrotas? Nenhuma.

O aproveitamento do rubro-negro no estádio desde a chegada do Mister é de absurdos 91,3%.

O primeiro empate foi em 1 a 1 com o Athletico-PR, na Copa do Brasil, mas que culminou na eliminação dos cariocas nos pênaltis.

Depois, pelo Brasileirão, vieram os outros dois: contra o São Paulo, em 0 a 0, no único jogo que o time de Jesus não balançou as redes no Maracanã, e contra o Vasco da Gama, em 4 a 4.

E parte desse mérito é de Gabigol, cada vez mais artilheiro no palco. O camisa 9, após balançar as redes contra o Del Valle, chegou a 30 gols no estádio e alcançou a marca de maior goleador do 'Novo Maracanã', reinaugurado em 2013, ao lado de Fred.

Gabriel já marcou 27 vezes com o uniforme do Flamengo e mais três representando o Santos. Já Fred fez 27 pelo Fluminense e completa os 30 com três pela seleção brasileira.

É só a plaquinha levantar mais uma vez que atacante flamenguista se isolará na artilharia. Mas Gabigol garante: "Tenho feito marcas expressivas, mas prefiro ser campeão"